Show gospel reúne 540 detentos do projeto Renascer

Show gospel reúne 540 detentos do projeto Renascer

Atualizado: Segunda-feira, 6 Setembro de 2010 as 8:19

Evento gospel reúne mais da metade dos internos da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto, em Itaitinga. São 540 detentos envolvidos no projeto Renascer, que promove a pacificação do local através da palavra de Deus

Um clima de paz tem contagiado a Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga. Dos 1.040 internos, 540 deles decidiram conhecer mais a Deus e multiplicar a cultura de paz. Na manhã de sábado, a quadra de esportes ficou lotada de internos, familiares e voluntários para participar da comemoração mensal do projeto Renascer. O 2° show gospel da unidade contou com a presença do Ministério Arte e Celebração, da Igreja Batista Central (IBC).

O movimento Renascer foi idealizado pelos próprios detentos em outubro de 2009. "Eram apenas 30 internos, depois passou para 350 e hoje são 540. Está ocorrendo uma revolução de paz por aqui", celebra a diretora da CPPL II e capitã Keydna Alves. Dos seis pavilhões da casa de privação, três abrigam os internos envolvidos no Renascer e estão há quase um ano sem registrar atos de indisciplina.

O interno Pedro Everardo, 47, explica que para participar do projeto é preciso conviver com três diretrizes básicas: não às drogas, às brigas e ao derramamento de sangue. "Procuramos nos fortalecer através da palavra de Deus. Hoje somos libertos no espírito", diz. O interno Daniel Rodrigues, 22, tem sentido a transformação na sua vida. "Conheci Deus aqui na prisão e o passado ficou para trás", afirma. Atualmente, ele participa junto com o interno Leandro Damasceno, 23, do grupo de louvor da CPPL II. "Quando soube do projeto pedi para me transferirem para a ala dos irmãos e me sinto bem melhor. Através do louvor mostramos a nossa transformação", acrescenta.

O show gospel Renascer contou também com a palavra do pastor Armando Bispo. A partir do versículo bíblico do livro de Romanos, ele falou sobre a "pretensa liberdade que as pessoas possuem". "Só com Deus podemos sentir a verdadeira liberdade. Há uma esperança de mudança para todos nós", destacou.

O resultado prático da transformação dos internos é diário. Além de louvor e grupos de estudo, os internos do Renascer realizam também jejuns. O efeito disso, segundo a diretora do CPPL II, será a doação de mil pacotes de biscoito para uma entidade carente.

Por Viviane Gonçalves

Imagem: Jornal O Povo

veja também