Silas Malafaia condena "lei da palmada"

Silas Malafaia condena "lei da palmada"

Atualizado: Sexta-feira, 16 Dezembro de 2011 as 9:49

O pastor Silas Malafaia condenou nesta quinta-feira (15), por meio de sua conta no Twitter, a aprovação de um projeto de lei que proíbe os pais de usar castigos físicos contra seus filhos. O projeto ficou conhecido como “Lei da Palmada“, e foi aprovado na Câmara na quarta-feira (14).

“Quando o assunto entrar em pauta no Senado, faremos uma campanha para impedir a aprovação dessa lei”, disse o pastor. Malafaia disse que a lei é uma “palhaçada”, e defendeu versículos da Bíblia sobre como educar crianças. Os versículos, retirados de Provérbios, defendem o uso de castigos físicos para disciplinar crianças.

Apesar de prometer acionar a base evangélica, a posição do pastor a respeito da lei é ainda mais rígida que o da bancada na Câmara. Isso porque os deputados evangélicos inicialmente também condenavam o projeto, por achar que se tratava de uma intrmomissão do Estado nas famílias, mas após conversas com a deputada Teresa Surita (PMDB-RR), relatora da proposta, acabaram concordando com a lei e mantendo o texto original.   Com informações da Epoca

veja também