"Sirvo um Deus de milagre", diz mãe de criança que caiu na piscina do berçário

Mãe de criança que caiu na piscina: Sirvo um Deus de milagre

Atualizado: Terça-feira, 3 Julho de 2012 as 3:56

Uma criança de 2 anos e dois meses e outra de 1 ano se afogaram na piscina de um berçário do Setor Serrinha, em Goiânia, na manhã de segunda-feira, 2 de julho.

As duas crianças foram encaminhadas ao Hospital Materno Infantil e estão internadas.

Nivian Faleiros, mãe de uma delas, acredita na total recuperação do filho. “Eu sirvo um Deus de milagre e, aonde a medicina não vai, Deus vai. Sei que ele vai voltar pra mim perfeito e sadio”, declara.

Em entrevista ela deixa claro que o que aconteceu foi uma fatalidade e não culpa os funcionários do berçário. Nivian afirma que o filho era tão bem assistido quanto as outras crianças. "O que aconteceu foi uma fatalidade que poderia ter acontecido comigo e o meu filho em um momento de lazer. Quem é mãe sabe que com criança a gente não pode piscar os olhos”, comenta.

O Conselho Municipal de Educação (CME) de Goiânia afirmou que o berçário pode não ter autorização de funcionamento. "Nós somos acompanhados pelo conselho e pela própria Secretaria Municipal de Educação", garantem os donos do berçário.

Até ontem à noite, o estado de saúde do garoto era gravíssimo. A mãe do menino conta que ele ficou 15 minutos desacordado, e está entubado na UTI.

A menina de 1 ano também está na UTI e respira com ajuda de aparelhos. Ela foi a primeira a cair na piscina e o estado é grave.

Leia também:

"Presente de Deus", diz Carla Perez sobre programa infantil

Dupla 'Para Nossa Alegria' grava clipe no Hopi Hari


com informações do G1

veja também