Slum realiza oficina de capacitação para ex-catadores do lixão

Slum realiza oficina de capacitação para ex-catadores do lixão

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 11:23

Os catadores oriundos do extinto lixão de Jacarecica participaram, na semana passada, da segunda etapa da oficina para melhorar o relacionamento interpessoal, a resolução de conflitos e a motivação para o trabalho. A iniciativa é do setor de Serviço Social da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum), como parte da implantação de Unidades de Tratamento e Central de Triagem para separação de resíduos recicláveis.

O encontro aconteceu na sede da Igreja Assembleia de Deus, na Vila Emater. Os participantes foram incluídos no projeto depois de um minucioso levantamento social realizado pela Slum. Conforme suas necessidades, foram distribuídos para integrar cooperativas nos bairros do Benedito Bentes e Santa Lúcia.

Nesses locais, ainda como parte do projeto, estão sendo erguidos dois galpões onde funcionarão as sedes das cooperativas. As duas unidades contarão com equipamentos e materiais que viabilizem a separação do lixo oriundo da coleta seletiva que vem sendo ampliada na capital.

A elaboração do projeto nasceu na Slum, depois que a investigação social que apontou a necessidade da adoção de políticas de geração de renda, como alternativa ao fim do lixão. Graças a sua viabilidade técnica e de execução, acabou sendo aprovado e incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1), do governo federal.

A responsabilidade pela liberação dos recursos, orçados em R$ 779.355,43, é da Caixa Econômica Federal. Desse montante, o município entrou com uma contrapartida de R$ 127.088,49, que está sendo aplicada na capacitação e treinamento dos catadores, agora cooperados. As oficinas foram terceirizadas e são ministradas por técnicos do Instituto Ensinar de Desenvolvimento Social (IEDS).

veja também