“Somos a geração do calcanhar do Messias”, afirma o Pr. Joel Engel

A 9ª edição da Escola Profética Unção de Elias teve abertura neste sábado (19), com o tema o “Calcanhar do Messias”.

fonte: Guiame

Atualizado: Sábado, 19 Setembro de 2020 as 5:11

Pr. Joel Engel na abertura da 9ª edição da Escola Profética Unção de Elias, dia 19 de setembro de 2020. (Foto: Divulgação)
Pr. Joel Engel na abertura da 9ª edição da Escola Profética Unção de Elias, dia 19 de setembro de 2020. (Foto: Divulgação)

Em função da pandemia, a Escola Profética Unção de Elias, evento anual realizado de forma presencial, em Santa Maria (RS), está acontecendo com transmissão online através das plataformas digitais do Ministério Joel Engel nos dias 19 e 20 de setembro.

Com abertura na tarde deste sábado (19), a 9ª edição da Escola Profética deste ano tem o tema “O calcanhar do Messias". Idealizada pelo Pr. Joel Engel, a edição deste ano da Escola Profética está baseada em Gênesis 3:15, que diz: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”.

Após a abertura oficial do evento, que teve a participação da família Engel e oração da Pr. Mara Engel, a mensagem trazida pelo Pr. Joel foi focada na missão daqueles que estão obedecendo a Deus e à sua palavra neste tempo, chamado pelo pastor de “últimos dias”.

Para o Pr. Joel, Gênesis 3:15 é o principal versículo do Protoevangelho (o primeiro), pois trata-se da primeira profecia na Bíblia. “A maior profecia escrita e falada pelo próprio Deus contra a serpente. O primeiro Evangelho é o assunto mais importante da Bíblia e a última profecia a se cumprir antes do Milênio, quando o Messias pisará a cabeça da serpente e a esmagará”, disse.

O Pr. Joel explicou que o primeiro ataque da serpente contra a humanidade foi distorcer a palavra de Deus e esta tática existe desde os dias de hoje. “Esta é uma tática antiga da serpente. Quando alguém prega e distorce a palavra, ali está um ataque da serpente”, alertou.

Descendentes

O pastor disse que o mal está percorrendo a Terra desde que o pecado entrou no jardim do Éden e durante séculos. A serpente ataca a humanidade com doenças, divide as pessoas, traz depressão, tristeza, medo, suicídios. Aflige pessoas com desemprego, falência, fome, problemas mentais, desgraças, miséria, guerras. “Esses são os ataques da serpente, que causa desgraças, mas Deus disse que sua cabeça seria esmada”, afirma Joel, dizendo que isso é a primeira parte, mas tem a segunda, que é a ação de Jesus destruindo o inimigo.

“Deus diz que a semente, o descendente da mulher que viria e veio de forma sobrenatural, geraria Jesus, aquele que pisaria e esmagaria a cabeça da serpente, destruiria as obras das trevas”, explicou. “O final da história, a última palavra vem da boca de Deus. O Senhor vai realizar a sua obra, concluir o seu projeto, e o jardim do Éden, será restabelecido, o filho de Deus vem para governar este mundo e o final da serpente será num lago de fogo”, disse.

“Nunca em toda a história, uma geração esteve tão perto de ver a maior profecia de todos os tempos sendo cumprida”, acrescenta o pastor.

Profetizar

Para o pastor, esta geração deve cumprir o chamado de profetizar contra as ações malignas deste tempo. Ele pregou que a geração “calcanhar do Messias” vai ouvir a voz e os passos de Jesus e anunciar que Ele está chegando e que toda praga vai cessar, toda doença vai acabar e milagres vão acontecer. “Suba os montes, ande pelas ruas e anuncie que Ele está chegando. Esta geração será usada para proclamar luz no meio das trevas, paz no meio da guerra, trazer a última e notícia de paz e prosperidade em todos os sentidos. O Messias está chegando. Esta e a notícia global”, disse.

O contraste entre os filhos de Deus e os filhos da serpente devem ficar notórios. “Quando a serpente anuncia morte, esta geração anuncia vida. Está chegando aquele que cura toda doença, todo mal e este é o nosso Senhor Jesus Cristo, o mesmo ontem e de eternidade a eternidade. Esta é a geração que verá o Senhor nos ares e se encontrará com Ele. A igreja fechada não pode nos impedir de nos encontrarmos com o Senhor”, declarou.

Ele disse que a geração atual está sendo preparada para os últimos acontecimentos, por isso é a geração Calcanhar do Messias.

Existem duas gerações que caminham sobre a terra. A geração da semente da mulher trouxe Jesus à Terra e isto já foi cumprido com o nascimento de Jesus. O pastor disse que a primeira profecia, de Gênesis 3:q15 fala de salvação e vinda de Jesus. “Leve esta boa notícia. Pregue a notícia de vida, de cura, de prosperidade, de alegria no meio do caos

Esta geração deve estar preparada contra o mal

O pastor disse que muitos crentes não tremem, não se curvam, não obedecem e não adoram a Deus, e disse que o próprio inimigo reconhece e treme diante do poder de Deus.

“A serpente no jardim estava falando com as pessoas mais santas, mais crentes (Adão e Eva)”, lembrou. “Quem tirar um pedaço da palavra perderá o direito à árvore da vida”, disse.

“Hoje, grande parte da verdade foi roubada e distorcida. Esta é a obra da serpente ferindo o calcanhar dos descentes, dos filhos de Deus chamados para herdar a salvação eterna”, disse.

Ele disse que a geração dos filhos de Deus deve estar fiel na palavra por ser a geração “calcanhar do Messias”. “Ela não aceita mudar as épocas estabelecidas por Deus. Não aceita a mudança na palavra. Segue os mandamentos. Obedece à palavra. Você é geração semente da serpente ou geração descendente do Messias, da semente da mulher?”, questionou.

“Quando o seu calcanhar está ferido, lembre-se que você foi atacado, atingido por essa força maligna. A serpente pode te ferir, mas você tem que colocar sua mente e coração nesta palavra: a descendência da mulher (Jesus) vai pisar na cabeça a serpente. Ela ataca o calcanhar, que fica embaixo, mas você pode atingi-la na cabeça, que fica em cima”, diz, explicando que o calcanhar ferido tem cura, mas a cabeça esmagada não tem cura.

Para o Pr. Joel a geração atual precisa estar preparada pois está vivendo o fim dos tempos, onde Jesus está voltando e os sinais são iminentes. “A palavra de Deus para hoje é ‘ouça Israel, ouça igreja, ouçam povos da terra’ Jesus está voltando. Ele está caminhando sobre as nuvens e esta geração ouvirá os passos do Noivo”, disse.

O pastor disse que aqueles que creem na palavra de Deus precisam preparar suas casas, a família e o ministério para as mudanças que o mundo enfrentará. “Já estamos vendo um ataque enorme contra a família e sinais terríveis até mesmo entre os homens de Deus, que vão apodrecer, pois de suas bocas saem palavras de maldição, destruição”, disse, citando recentes escândalos no meio cristão.

Ele disse que tudo isso faz parte do fim, com cenários sendo preparados para a volta de Jesus. “Faltam pequenas coisas para se encaixar, mas o reino de Deus está próximo, o shofar está tocando e quem vai anunciar isso é esta geração calcanhar do Messias”, afirmou.

“Os passos do Messias, vem chegando... nosso Messias chama-se Jesus Cristo de Nazaré, está vindo e preparando sua igreja. É tempo de buscar a Deus”, concluiu.

Assista à pregação completa da 1ª parte da Escola Profética:

veja também