Somos protestantes

Somos protestantes

Atualizado: Quarta-feira, 19 Junho de 2013 as 7:30

felipe heiderich - protesto
 
“Vocês exploram os pobres e cobram impostos injustos das suas colheitas. Por isso, vocês não vão viver nas casas luxuosas que construíram... Vocês maltratam as pessoas honestas, aceitam dinheiro para torcer a justiça e não respeitam os direitos dos pobres.” Amós 5.11-12
 
Depois de muita oração, resolvi me manifestar.
 
Desde o princípio dos tempos todo homem levantado por Deus foi instrumento para mudança da sua cidade e nação.
 
Os Juízes eram levantados para defender o povo. Depois os Reis vieram para servi-lo. A mensagem dos Profetas nos incitava a voltarmos para Deus, mas também ajudar órfãos, viúvas e os pobres.
 
Não existe Evangelho sem ajudar ao outro. Não existe Evangelho sem mudança. 
 
A transformação que o Espírito Santo gera em nós nos faz abandonar o pecado e odiar todo tipo de injustiça.
 
O papel da Igreja vai além das quatro paredes. Não vamos à igreja apenas para adorar a Deus, mas vamos para servir (desenvolver os dons).
 
Não há funcionalidade em uma igreja que não se manifesta contra as obras da carne e corrupção, desvio de verbas, roubos e engano também são obras da carne.
 
É verdade que o mundo jaz no maligno, mas a igreja não, e enquanto esta estiver aqui na Terra é seu dever fazer o bem e lutar em favor de uma sociedade mais justa e verdadeira.
 
Você pode dizer: “Mais nosso dever é apenas orar!” Orar é fundamental e indispensável, mas oração é ORAR+AÇÃO. Apenas orar sem fazer nada é religiosidade.
 
Jesus lutou contra a corrupção de sua época. Paulo travou batalhas inteiras sem, contudo parar de orar. Lutero em 1517 orou por anos e depois se levantou contra o engano que havia. Martin Luther King era pastor e deu sua vida a favor dos direitos dos negros.
 
Ficar calado neste momento é dizer que Lutero queria apenas chamar a atenção. É declarar que Luther King queria apenas que negros pudessem se assentar em ônibus. É dizer que são apenas por 0,20 centavos.
 
É mais que isso! É nosso objetivo na Terra. É pregar o Evangelho mesmo que sem palavras, apenas lutando por uma vida mais justa, mesmo que nem todos sejam cristãos, afinal o sol brilha para justos e injustos.
 
Dobre seu joelho, ore! Desdobre seu joelho e proteste contra a impunidade!
 
Há que ser erguer um novo protesto.
 
O ISMO deve ser abolido e o ANTE restaurado. ISMO indica uma relato que aconteceu, mas que virou história. ANTE indica ação a ser realizada no presente. ISMO mostra o que os outros foram e fizeram, ANTE declara a realidade do que somos e faremos. Pode-se ter sido fruto de um protestantISMO corrupto, mas se tornar aquele que grita e luta por ser um protestANTE que não se conforma com o cenário atual é o papel de cada um, porque, afinal, protestante tem que protestar.
 
Sem violência, sem baderna, sem agressão. Apenas com sua voz, diga que você também é cidadão e não aceita mais essa situação.
 
E que a paz de Deus nos guie.
 
 
- Pr. Felipe Heiderich
 

veja também