Testemunhos de vida e lançamento de projeto social foram as tônicas da palestra de Rick Warren em São Paulo

Testemunhos de vida e lançamento de projeto social foram as tônicas da palestra de Rick Warren em São Paulo

Atualizado: Terça-feira, 22 Julho de 2008 as 12

Autor de best sellers falou sobre ministério, dinheiro, fama e lançou o Plano P.E.A.C.E no Brasil

Por Myrian Rosário

Um público de mais de 2.500 pessoas permaneceu atento durante mais de sete horas, no último dia 21 de julho, no Credicard Hall, em São Paulo, à ministração do norte-americano Rick Warren, pastor da igreja de Saddleback, uma das maiores e mais conhecidas do mundo, que conta com mais de 45 mil membros.

Waren é autor dos livros "Uma Igreja Com Propósitos" e "Uma Vida Com Propósitos", que já venderam milhões de cópias em todo mundo.

Apresentado por Carlito Paes, pastor da Primeira Igreja Batista (PIB) de São José dos Campos e presidente fundador do Ministério Propósitos Brasil, o evento teve início com o louvor da banda "Sonho Maior", seguido pela esquete "Olhos de Peixe", representada pelos atores Rafael Peixoto e Douglas dos Santos, do grupo de teatro da PIB.

Simples e bem-humorado, Rick Warren deu início à palestra declarando seu amor pelo Brasil. "Eu amo muito você, eu amo o Brasil. Aqui eu me sinto em casa. Gosto muito de churrasco. Sou uma pessoa que come com propósito", brincou.

O texto base da ministração foi II Crônicas 16:9: "Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele". Enfatizando que Deus usa e abençoa aqueles que estão totalmente entregues a ele, Warren revelou que "assinou" um contrato de rendição total ao Senhor, para o que Ele quisesse fazer através da sua vida.

Falando para líderes, o pastor mais influente da atualidade destacou a importância dos pastores na sociedade. "Os pastores são os transformadores da sociedade menos falados do mundo. Eu realmente amo e confio nos pastores. Eles são as pessoas mais equipadas para mudar o mundo", disse Warren, que é filho, neto e bisneto de pastores. "Uma vez me perguntaram se eu pensava em ser político e eu respondi que nunca deixaria de ser pastor para assumir um cargo de menor influência".

Dinheiro e ministério

Durante toda tarde, Warren falou sobre ministério, mordomia, fama e dinheiro, usando seu próprio testemunho de vida. Surpreendendo a todos, ele revelou não ter usado um centavo dos milhões de dólares que ganhou com a venda do livro "Uma Vida com Propósitos" para benefício próprio. Tudo foi investido na igreja e em projetos sociais como  "Atos de Misericórdia" e "Engajando Líderes". "Eu ainda dirijo a mesma caminhote de nove anos atrás. Não mudamos o nosso estilo de vida", declarou. Clique aqui para ler mais sobre isso. ( Rick Warren dá lição de humildade e mordomia em São Paulo).

Warren contou também como fundou uma igreja sem ter recursos nem prédio e com apenas dois membros - sua esposa e sua filhinha de quatro meses - e como Deus a transformou numa das maiores e mais conhecidas igrejas do mundo. "Eu pedia ao Senhor para permanecer na mesma igreja a vida toda e estou lá há 29 anos. Eu vi uma geração completa crescer na minha igreja", festeja.

O pastor de Saddleback contou que, no final do primeio ano de ministério, sentiu-se deprimido e passou um mês no deserto, em férias com a família. "A igreja estava crescendo, já tínhamos 100 membros e eu me sentia inadequado, indigno da bênção de Deus. Ele me disse, esse é o plano: você enfoca em edificar grandes pessoas e eu edificarei uma grande igreja". O Senhor cumpriu literalmente a sua promessa.

Fama

Muito assediado pela mídia mundial, Rick Warren já foi capa de diversas revistas e já recebeu títulos como: "Uma das quinze pessoas que fazem a América ser excelente" (Newsweek, 2006), "Um dos vinte e cinco melhores líderes da américa" (L.A. Times Magazine, 2006), "Uma das cem estrelas mais poderosas do mundo" (Time, 2005), "Um dos dez pregadores mais influentes dos últimos cinqüenta anos" (Christianity Today, 2005), "OEvangélico mais influente na América" (Time, 2005) e o "O Pastor mais influente da América" (Christianity Today, 2004). "Eu não queria ser famoso nem me tornar uma celebridade", diz. "Quando você fica muito tempo sobre os holofotes , não consegue enxergar bem as coisas e isso faz mal ao nosso caráter. A fama não é muito legal, ela traz problemas, significa não ter privacidade alguma. A fama não dura". Clique aqui para ler mais sobre isso.( Rick Warren fala sobre fama).

Warren contou que, buscando ao Senhor, descobriu que o propósito da sua fama e influência era falar em nome dos que não têm influência alguma. Assim, nasceu o Plano P.E.A.C.E, apelidado por ele como "a segunda Reforma". O P.E.A.C.E. pretende levantar a igreja na luta contra os cinco gigantes mundiais:

1. Vazio Espiritual

2. Liderança Egocêntrica

3. Pobreza e Doença.

4. Doença.

5. Analfabetismo

Para combater esses gigantes, a proposta é que cada igreja se mobilize para:

Plantar novas igrejas Equipar líderes servos Assistir aos pobres Cuidar dos enfermos e Educar para a próxima geração. As iniciais de cada uma dessas ações formam o acróstico P.E.A.C.E. "Deus não usa princípios ou programações, Deus usa pessoas. Ele procura pessoas em que possa confiar e a quem ele possa abençoar", exclamou. Clique aqui para ler mais sobre isso.( P.E.A.C.E., um plano para transformar o mundo).

Presenças ilustres

A palestra de Rick Warren em São Paulo foi prestigiada por líderes evangélicos de destaque, como a apóstola Valnice Milhomens e o Pr. Luiz Sayão; personalidades da música, como a Pra. Baby do Brasil e o Pr. Massao, além de políticos, como o prefeito Gilberto Kassab e o vereador Carlos Alberto Bezerra Júnior. Clique aqui para ler mais sobre isso.   Liderança se surpreende com Rick Warren e Kassab prestigia evento de Rick Warren em São Paulo).

Mesmo sendo realizado num dia útil, o evento não mobilizou apenas pastores, mas também líderes e membros de igrejas. "Rick Warren é fantástico", comentou a Rita Amaral Martinelli, líder do ministério de ensino da Igreja Central de Paulínea, localizada no interior paulista. "Ele nos dá uma visão nova do que é liderança e responsabilidade cristã", analisou a professora que veio numa caravana de 10 pessoas, incluindo três pastores. "A maioria perdeu o dia de trabalho para estar aqui e valeu a pena".

Para Anderson Francisco Neri, pastor auxiliar da Igreja Batista do Calvário de Santo André, a palestra foi "superedificante". "Fiquei surpreso com o testemunho dele. O que mais me marcou foi a visão financeira, de oferta, de voluntariado, de entrega total à direção de Deus. Ele mostrou a responsabilidade do pastor com a generosidade e não com a prosperidade".

Leia também: Em entrevista coletiva, Rick Warren discute de finanças a Olimpíadas e Intercessão constante nos bastidores da palestra de Rick Warren

Fotos: Luciano Avelino e  Marcos Correa

veja também