Testemunhos marcam a primeira Celebração do Projeto MEL no sul do Paraná

Testemunhos marcam a primeira Celebração do Projeto MEL no sul do Paraná

Atualizado: Segunda-feira, 4 Outubro de 2010 as 4:43

Irene, Sabrina, Marta, Ivone, Erica, Simone, Maria, Júlia... Estes são alguns nomes que representam as mais de 400 mulheres que lotaram o auditório da Igreja Central de Curitiba para Celebração do Projeto MEL (Mulheres Evangelizadoras Levando Luz), na tarde do dia 02 de outubro. "Somos resposta, somos a mão do Criador", dizia a primeira canção apresentada pela cantora Sabrina durante a abertura da celebração. De acordo com as participantes, ao se envolver nas atividades missionárias elas recebem duplo presente: a sensação de importância na Missão e o batismo de interessados.

O evento contou com a presença das líderes do Ministério a Mulher no Sul do Brasil e na Associação Sul Paranaense (ASP), Denise Lopes e Jeanete Souza, respectivamente; além dos líderes da Igreja Adventista pastor Marlinton Lopes e Luis Mario de Souza Pinto.

Desde que foi lançado em março deste ano, o projeto tem motivado as mulheres do Sul do Paraná para o trabalho missionário, atuando em Duplas Missionárias, Evangelismo Público, Pequenos Grupos, Classes Bíblicas, Campanhas de Oração Intercessora, e em outras atividades que levam pessoas aos pés de Cristo.

Motivação como a recebida por Irene que ficava brava quando era eleita para algum departamento da igreja, mas hoje acredita ser peça importante para a pregação do evangelho. Ou representado pela importância do trabalho de Erica Fuckner que, ao se aproximar de outra mulher que sofria tentando vencer o alcoolismo, hoje pode comemorar a cura dela; ou ainda Deise que atuou durante 40 noites em série de evangelismo, e viu sete pessoas sendo batizadas.

O testemunho de Simone, mãe da adolescente Andressa, que desenvolvia atividades evangelísticas em Pelotas, no Rio Grande do Sul, emocionou a plateia. "A Andressa foi uma menina MEL. Se todas nos unirmos para pregar o evangelho, poderei logo rever a minha filha", afirmou. Andressa faleceu em um acidente de carro, mas seu testemunho tem motivado outras pessoas a falarem de Jesus.

"O mundo precisa dessa doce voz" foi o tema da celebração, que teve como marco a apresentação dos testemunhos de algumas mulheres que depositaram seus talentos na mão de Deus e sentem a direção Dele no trabalho que têm realizado. A jornalista Fabiana Bertotti fez a apresentação do programa.

Na igreja Central de São José dos Pinhais um pequeno grupo liderado por Ivone Gonçalves tem atraído a participação de 15 pessoas, e já comemora um batismo e vários interessados que estão estudando a Bíblia. "O projeto MEL fez diferença na minha vida”, afirma ela. Três pessoas também estão estudando a Bíblia com Marta Zeferino, da igreja do Uberaba. "Há um ano perdi meu marido, e o projeto MEL chegou neste momento para preencher o vazio que ele deixou", disse, emocionada.

"Queremos salvar pessoas para a eternidade. É hora de nos unirmos como um pelotão e trabalhar para a salvação de pessoas”, incentivou o pastor Luis Mário. Cada mulher participante do MEL recebeu uma bolsa de presente, onde cada batismo será representado por uma estrela que enfeitará a bolsa.

Por Francis Matos

veja também