Thiago Nigro diz que passou a crer em Deus ao ouvi-lo: “A existência Dele é indiscutível”

O empresário testemunha que seu entendimento sobre Deus mudou há 40 dias e que sua vida foi transformada.

Fonte: Guiame, Cris BeloniAtualizado: quarta-feira, 17 de novembro de 2021 15:23
Thiago Nigro em entrevista ao Flow Podcast. (Foto: Captura de tela/Youtube)
Thiago Nigro em entrevista ao Flow Podcast. (Foto: Captura de tela/Youtube)

O que estamos fazendo aqui? Para onde vamos? Qual o propósito de nossas vidas? Essas são as perguntas que ficam na mente das pessoas, mas nem todos conseguem as respostas. 

Recentemente, porém, Thiago Nigro, que é idealizador do projeto “O Primo Rico”, voltado a ensinar seu público sobre educação financeira, disse que “ouviu a voz de Deus” e, desde então, encontrou as respostas para sua vida.

Em entrevista ao Flow Podcast, na última terça-feira (16), ele falou sobre a “dor existencial” e deu um testemunho com base nas experiências vividas nos últimos dois anos. 

“Pessoas céticas como eu…”

De acordo com Thiago, é muito difícil convencer pessoas céticas, que só acreditam naquilo que podem tocar ou enxergar. Um cético costuma questionar as verdades absolutas ou popularmente aceitas. 

“Pessoas céticas como eu precisam enxergar alguma coisa que quebra um padrão matemático ou um padrão racional para que, de alguma forma, aquilo entre na sua mente”, explicou.

Depois ele lembra que, na Bíblia, há muitas passagens que relatam Jesus fazendo seus milagres e as pessoas passando a crer Nele por causa disso. 

“Comigo aconteceu um milagre e então se tornou indiscutível a existência de Deus”, disse ao se referir ao momento em que também descobriu o porquê de sua existência e o seu propósito de vida. 

“As pessoas não sabem quem eu era”

Thiago conta que faz dois anos que vive um tempo diferente em sua vida. “Faz tempo que estou buscando, mas a chave só virou agora”, compartilhou ao revelar que hoje é o oposto de quem ele era no passado.

“As pessoas não sabem quem eu era antes. Eu era um cara sem amigos, excluído, sofria bullying na escola, era gordinho, espinhudo e usava óculos fundo de garrafa. Não tinha pessoas que me acolhiam, por isso eu só gostava de ficar em casa”, disse apontando para seu tempo de isolamento.

Por conta dessa situação na escola, Thiago revela que desenvolveu um vínculo maior com o vídeo game. “A única coisa que me realizava era ficar jogando, porque machucava ficar com outras pessoas”, lembrou.

Ele conta que não foi bom aluno, mas que seguiu para a faculdade, onde encontrou o mesmo ambiente de solidão. “Mas veja que o mesmo Thiago que não conseguia se comunicar com as pessoas , hoje arrasta multidões”, destacou.

“Eu só virei essa chave porque Deus falou comigo”

De acordo com o empresário, existiu um momento específico para sua vida mudar. “Eu só virei essa chave porque, recentemente, Deus falou comigo. E Ele nunca tinha falado comigo de forma que eu entendesse”, contou.

Mas, Ele falou quatro vezes numa semana, e para mim o que ele falou através de pessoas, em mensagens que se confirmaram, mexeu demais comigo”, continuou.

“Comecei a olhar em retrospectiva para minha vida e percebi uma série de coincidências e milagres que aconteceram. Depois disso, não tive dúvida nenhuma de que Deus existe e sei agora por que eu fui abençoado com um talento”, disse ao comentar também que vê sentido agora nas pessoas que Deus colocou em sua vida, como seguidores.

“Eu entendo a responsabilidade que tenho”

Thiago continuou: “O que me foi dado é algo de grande responsabilidade e não tem nada a ver com meu patrimônio, com ser ou não ser milionário. Para mim isso se tornou algo secundário”.

“Agora eu entendo a responsabilidade que eu tenho. Para mim Deus é indiscutível, mas eu também entendo quem não acredita”, ponderou.

“Agora eu estou numa jornada. Essa virada começou há dois anos, mas eu não sabia o que estava acontecendo. Eu me liguei faz uns 40 dias. Eu entendo que há uma responsabilidade diferente sobre mim”, concluiu.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições