Tiago Cardoso vincula a sua serenidade à religião

Evangélico, jogador vincula serenidade a religiosidade

Atualizado: Sexta-feira, 23 Março de 2012 as 9:23

Considerados gentlemen pelos árbitros ouvidos e também pela reportagem do Superesportes, Magrão, Gideão e Tiago Cardoso, goleiros titulares do Trio de Ferro da capital são pouco afeitos a palavrões e ofensas. Mesmo quando reclamam com a arbitragem, o fazem em tom moderado.

Para o rubro-negro Magrão, um comportamento que se baseia no direito de falhar. “Precisamos falar com respeito, tratar bem todas as pessoas, porque errar faz parte do ser humano.”

O camisa 1 tricolor, Tiago Cardoso, segue raciocínio semelhante. Tanto que admite não gostar quando os colegas levam cartão por reclamação. “O árbitro não vai voltar atrás na decisão. A gente pode até falar, mas com respeito e não de qualquer jeito”, diz o jogador, que vincula a sua serenidade à religião - é evangélico.

veja também