Título negado: Vereadores maranhenses consideram Malafaia homofóbico

Título negado: Vereadores maranhenses consideram Malafaia homofóbico

Atualizado: Sexta-feira, 5 Agosto de 2011 as 2:23

Segundo matéria postada no portal IG, o título de “Cidadão de São Luís” foi negado ao pastor Silas Malafaia, pois a maioria dos vereadores da capital maranhense considera o pastor como homofóbico e, portanto, o pedido precisa ser estudado.

O projeto é de autoria da vereadora Rose Saler (PCdoB) e seria votado na última terça-feira, mas o vereador líder do governo municipal, Ivaldo Rodrigues (PDT), pediu vista do texto e a proposta será analisada na próxima semana.

“Além disso, pedi vista do projeto, pois a matéria tem que ter um ponto de vista técnico, assim como constar um currículo da pessoa. Não tem sequer uma informação dessa cabível, colocada à disposição dos vereadores. Portanto, não tem nenhuma justificativa para se dar um título de Cidadão de São Luís ao pastor Silas Malafaia”, criticou o vereador Ivaldo.

A vereadora que é evangélica tentou defender o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo dizendo que ele não é homofóbico e recebeu uma grande vaia dos representantes de grupos LGBT que estavam presentes na sessão. “Acho que considerar o homossexual como ser abjeto, como um grande pecador, que nunca vai receber o perdão de Cristo, não é normal”, reforçou o vereador Chico Viana (PSDB).

Por Pollyanna Mattos

Com informações IG FOnte: www.guiame.com.br    

veja também