Treinamento afina trabalho de voluntários cristãos

Treinamento afina trabalho de voluntários cristãos

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 9:58

Com o propósito de trocar experiências e afinar o trabalho de professores e coordenadores, a professora Soledad Alvares, diretora do departamento da Criança e do Adolescente da Igreja Adventista em oito países da América do Sul, ministrou seminários e orientou os voluntários de toda a região central e sul do Paraná durante a manhã e tarde deste sábado, 14 de maio. O encontro teve lugar no Colégio e na igreja do Boqueirão e reuniu mais de 200 pessoas.

  Soledad destacou que o trabalho desempenhado por esses voluntários é o mais importante dentro da igreja, já que eles são responsáveis por dar a base cristã que as crianças e adolescentes necessitam para que futuramente liderem as atividades em cada templo. Não apenas por isso, mas pela influência que eles têm na formação espiritual e no caráter de cada aluno.

Em relação a este tema ela chamou a atenção dos coordenadores durante a manhã para a necessidade de formar uma equipe e estimular professores a se envolverem com o desafio. "Já que os projetos são tantos, esse departamento deve ser o que mais conte com o apoio dos membros", pontua.

Treinamento afina trabalho de voluntários dos departamentos infantisE à tarde, falando especialmente para professores, ela enfatizou o comprometimento espiritual e a importância de ser um referencial para o desenvolvimento das crianças, e lembrou que esse é um caminho cheio de desafios. E para que alcancem êxito, a professora Maria Quadrado, diretora do departamento para a região Sul do Brasil, chamou a atenção para o fato de que em algumas ocasiões aqueles que se comprometeram com este trabalho terão que renunciar a determinadas atividades ou convites para se dedicar ao ensino desses alunos.

"Muitas vezes achamos que sabemos e na verdade temos muito que aprender", diagnostica Rosana Custódio, professora na igreja de Vila Sandra. Para Priscila Matoso, que é coordenadora no mesmo local, é preciso haver um envolvimento por completo por parte daqueles que assumem o compromisso de estar à frente de cada área. "A criança nota quando as coisas são feitas com amor. Por isso, o líder precisa se dedicar integralmente", conclui.

veja também