"Tristeza pra quê?" - por Ronaldo Bezerra

"Tristeza pra quê?" - por Ronaldo Bezerra

Atualizado: Sexta-feira, 12 Julho de 2013 as 3:28

No Facebook, Ronaldo Bezerra criou uma página para o Culto 'Quartas Com Vida', que realiza toda quarta-feira na Igreja Comunidade da Graça.
 
Após cada ministração Bezerra publica o esboço da mensagem para que os internautas entendam a reflexão. O tema do último culto foi 'Tristeza pra quê?' Confira o que Ronaldo Bezerra publicou na internet:
 
 
alegriaO tema que estive ministrando foi "TRISTEZA, PARA QUÊ?", baseado em II Samuel 12:13-24. Confira o resumo da ministração!
 
Toda tristeza tem sua origem no pecado? É possível um cristão sentir tristeza? A tristeza faz parte do viver humano como qualquer outra dimensão da vida. Quem viveu alguns anos já se encontrou com a tristeza várias vezes. É o tipo de sensação que nenhum de nós jamais gostaria de ter. 
 
A tristeza carrega com ela uma bagagem, ela nunca vem só. Por exemplo, quando estamos tristes perdemos a iniciativa, nos arrastamos pela vida, nossas forças são roubadas, não temos mais o desejo de continuar e de ir em frente. A tristeza nos isola de tudo e de todos, nos deixa só. Quem está triste não quer barulho, não quer estar perto de pessoas. 
 
A tristeza pode surgir de causas bem definidas, mas também pode chegar sem sabermos suas causas. Nem toda tristeza é fruto do pecado. Por vezes, cansamos por causa da correria do dia a dia, por tentar acertar, por abraçar e sermos rejeitados, por darmos amor e recebermos ingratidão, por nos doarmos a alguém e a pessoa virar as costas, por corrermos atrás do trabalho e não recebermos retorno algum, e por isso ficamos tristes.
 
O que é a tristeza? É a dor do coração que arranca o sorriso do rosto. São o espírito e a alma quebrados. São os olhos decaídos. “O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate” (Pv 15:13).
 
Não podemos oferecer respostas fáceis porque não temos o controle do tempo de Deus. Quem tem respostas fáceis são os macumbeiros, os videntes e os astrólogos. Mas o que Deus tem para nós é que passaremos por um processo na vida e experimentaremos um milagre. Em qualquer circunstância da nossa vida Deus vai se fazer presente, nos abraçará e estará conosco nas nossas necessidades. 
 
2 atitudes importantes em tempos de tristeza
 
1- Nunca desista de Deus. (vs 16).
 
Uma das reações do homem carnal é abandonar Deus. Muitos se afastam do Senhor na hora da tristeza. Pensamos que Deus não se importa com a nossa dor. Desistimos de Deus porque achamos que Ele poderia fazer de uma maneira e não fez, ou ainda ficou em silêncio. 
 
Não podemos permitir que a nossa dor nos afaste do Senhor, porque na hora da nossa maior tristeza, mesmo que os nossos olhos não percebam, o ombro de Deus está conosco, pois Ele é o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação (II Co 1:3), e o Espírito Santo é chamado de Espírito Consolador (Jo 14:26). Ele não é somente Deus dos momentos bons e agradáveis, mas dos momentos tristes e dolorosos. Ele não está apenas na casa da festa, mas está também na casa do lamento. Ele está conosco nos momentos de choro e é nesse momento que as nossas lágrimas são recolhidas por Deus. (Sl 56:8; Ap 21:4; Mt 5:4).
 
2- Deixe que as lágrimas “lavem” os seus olhos. (vs 22).
 
Precisamos permitir que as lágrimas “lavem” os nossos olhos para vermos com nitidez que mesmo nas coisas mais difíceis, erradas e tortas da vida, Deus não vai sair perdendo e nem os seus filhos serão derrotados. É comum nos sentirmos desencorajados e até mesmo tristes e desesperados quando as coisas vão mal. Mas Deus age em nosso benefício, mesmo nos momentos de dor e sofrimento. 
 
Deus deu uma “rasteira” no mal e na história. Qual é a ironia das “ironias”? Deus pegou a história e mudou. Ele não escolheu para ser rei nenhum filho das mulheres de Davi, mas escolheu o filho do pecado dele. Uma situação que parecia ser má, Deus reverteu em bem! Deus ainda não terminou a história dele na nossa vida e até que termine podemos descansar e confiar, pois Ele é o Senhor da História. É bom saber que mesmo quando estamos tristes, podemos ter a certeza do amor de Deus e de sua companhia ao nosso lado. (Is 57:15; Sl 126:6; Sl 30:5). 
 
Considerações finais
 
1- O Senhor nos dará forças para suportar. (Js 1:9).
2- O Senhor colocará fim ao sofrimento quando vier. (Sl 34:19).
3- Haverá um futuro bom. (Pv 23:18).
 
Não há tristeza que possa diminuir a alegria da bem-aventurança que nos aguarda. Louvemos ao Senhor, porque através dEle podemos hoje superar a tristeza.
 
Reflexão
Você tem lidado com alguma situação na vida que hoje tem lhe causado tristeza? 
Aplicando aquilo que você aprendeu hoje, que passos você deve dar para lidar com essa tristeza?

veja também