Tuitaço "Deusexiste" chega ao 1º lugar no Brasil

Tuitaço "Deusexiste" chega ao 1º lugar no Brasil

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 3:58

Na última sexta-feira, a partir das 18 horas, tuiteiros adventistas organizaram o “tuitaço” com a hashtag #Deusexiste. Foi a campanha mais significativa do ano, já que alcançou o primeiro lugar nos Trends Topics Brasil (TTs) durante boa parte da noite de sexta-feira.

O Trends Topics Brasil é uma espécie de ranking dos assuntos mais acessados no microblog famoso no mundo inteiro. Tuitaços são eventos virtuais durante os quais os internautas presentes na rede social Twitter tuítam e retuítam mensagens com uma tag específica, ou seja, um assunto específico. No caso do tuitaço de sexta e sábado, milhares de tuiteiros disseminaram textos bíblicos, frases e links com conteúdos alusivos à existência de Deus e às razões para crer nEle.

Para o coordenador de web da Rede Novo Tempo de Comunicação, Carlos Magalhães, “os tuitaços têm sido uma grande oportunidade de aprendizado. Em cada edição entendemos como podemos nos comunicar melhor nas redes sociais e a maneira de motivar as pessoas a compartilhar mensagens relevantes”.

Na semana anterior ao evento, os organizadores procuraram lembrar que as mensagens deveriam ser respeitosas e sem qualquer “sabor de intolerância”.

Na avaliação de Magalhães, o tuitaço #Deusexiste foi o melhor do ano devido a seis fatores: know-how adquirido nas edições anteriores; o fato de a rede virtual de adventistas no Twitter já conhecer os objetivos e a forma de usar os tuitaços; maior número de adventistas usando o Twitter; recentes TTs evangélicas #voucasarvirgem e #orgulhodesercrente acabaram involuntariamente preparando o caminho para o #Deusexiste, durante a semana e, também,  devido à participação do público evangélico no #Deusexiste, que é um tema comum a todas as igrejas; (6) a colaboração dos ateus em retuitar e comentar a campanha.

“O segredo do sucesso desse tipo de evento, depois da atuação divina, creio que é a adesão do público multiplicador. Sem gente é impossível fazer uma ação de massa na rede. Existe um número mínimo de tuítes e retuítes que precisamos gerar na primeira hora da campanha. Depois o fenômeno se torna viral e incontrolável, até atingir o limite da nossa rede e voltar a cair. A escolha da hashtag e o esclarecimento dos objetivos também são muito importantes”, lembra Magalhães.

Para Helen Cândido (twitter.com/helencandido), coordenadora do Portal da Educação Adventista, “foi contagiante ver o envolvimento dos jovens em divulgar mensagens de esperança reforçando a existência de Deus”. Ela acredita que, nessa ação, muitas pessoas intimidadas em sair às ruas se envolveram de forma muito significativa através de uma ferramenta digital. 

“Com certeza, quando realizamos ações de forma pessoal, o resultado é melhor, mas considerando que precisamos levar o evangelho ao mundo, a internet contribui para descobrirmos multiplicadores regionais, antes inalcançáveis, que podem influenciar o meio em que residem, de forma pessoal”, diz a publicitária. “O tuitaço #Deusexiste foi uma pequena amostra do potencial que temos com a internet. Se explorarmos cada vez mais os talentos da juventude nos meios de comunicação disponíveis, com certeza, estaremos contribuindo para o breve retorno de Jesus”, conclui.

A iniciativa do tuitaço #Deusexiste foi do blog www.criacionismo.com.br (cujo Twitter tem mais de cinco mil seguidores), e foi uma reação à campanha ateísta que tinha por objetivo espalhar em duas capitais brasileiras cartazes ofensivos à religião.

veja também