Venezuela investiga se Universal lava dinheiro do tráfico de drogas

Venezuela investiga se Universal lava dinheiro do tráfico de drogas

Atualizado: Sexta-feira, 23 Setembro de 2011 as 10:07

Promotores do Ministério Público da Venezuela estão investigando a acusação de um ex-pastor segundo a qual a Igreja Universal participa ou participou naquele país de um esquema de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas.

A revista Veja informou que esses promotores enviaram ao Ministério Público Federal do Brasil, que também investiga a Universal, um pedido de cooperação para troca de informações.

  O ex-pastor afirmou que ao final de 1989, quando ele ainda estava na Universal, fez uma viagem à Colômbia de onde viajou ao Brasil em um avião fretado com dinheiro que lhe foi dado por um traficante do Cartel de Cali. Essa quantia teria sido usada para a compra da TV Record.

Embora a denúncia seja antiga, os promotores da Venezuela não a descartaram porque temem que a expansão da Igreja Universal no país, desde aquela época, se deva a algum tipo de colaboração com os traficantes.

“Estamos na presença de uma organização criminosa internacional que também atua na Venezuela”, disse um dos promotores.

O Ministério Público de Nova Iorque também está investigando a movimentação de dinheiro da Universal em bancos americanos. O órgão está tentando quebrar o sigilo de contas de cinco empresas ligadas ao bispo Edir Macedo, fundador da Universal.

Os templos da Universal estão espalhados por 170 países.    

veja também