Vereador evangélico cria dia do diácono e do pedestre

Vereador evangélico cria dia do diácono e do pedestre

Atualizado: Quarta-feira, 10 Março de 2010 as 12

A Câmara Municipal de Araraquara, município do interior do Estado de São Paulo, aprovou dois insignificantes Projetos de Lei qu A Câmara Municipal de Araraquara, município do interior do Estado de São Paulo, aprovou dois insignificantes Projetos de Lei que prometem cair no esquecimento de seus 200 mil habitantes. A partir de agora, a cidade conta com o "Dia do Diácono" e o "Dia do Pedestre", a ser comemorados nos dias 1º de maio e 25 de setembro, respectivamente.

As façanhas são de Paulo Maranata/PR, que, em quinze meses de mandato apresentou oito Projetos de Lei. Todos irrelevantes e que não apresentam ganho nenhum para a sociedade, segundo a ONG Transparência Brasil, dedicada ao combate à corrupção.

São considerados irrelevantes todos os projetos que versam sobre homenagens, fixação de datas comemorativas, nomes de ruas e de outros bens públicos.

No primeiro mês de mandato, Maranata tentou criar um projeto que exigia alvará de funcionamento para igrejas. O projeto passou pela casa, mas foi barrado pelo prefeito Marcelo Barbieri.

Paulo Maranata é "figura carimbada" entre os evangélicos de Araraquara. Durante a campanha prometeu atuar nas áreas de esporte e cultura, educação, evangelização pública, ação social e geração de emprego e renda.

veja também