Vida Nova grava CD com proposta de inovação na música cristã brasileira

Vida Nova grava CD com proposta de inovação na música cristã brasileira

Atualizado: Segunda-feira, 31 Maio de 2010 as 1:41

Ao refletir sobre a realidade da música cristã nacional, o dirigente do grupo Logos, Paulo Cezar, em entrevista a revista Cristianismo Hoje, disse que ela não pode abrir mão do conteúdo bíblico. Consciente disso, os músicos Paulo Rogério, da Comunidade Evangélica Casa de Oração, e Edgar dos Santos, líder de luvor, procuraram relacionar a Palavra de Deus com o repertório do CD "Aos Teus Pés", produzido em estúdio com captações ao vivo no último domingo, 30 de maio, na sede da Igreja Vida Nova, em São Paulo. Cerca de mil pessoas lotaram o templo localizado no bairro da Mooca.

"Analisamos muito essa questão: que fossem canções bíblicas, que estivessem alinhadas com a Palavra. Deus levantou no meio desse povo pessoas simples, mas que têm a vida de Deus para escrever e transformar em canções", relatou Paulo Rogério, que ficou encarregado pela produção musical do projeto cujo repertório, ao todo 10 faixas, foi composto majoritariamente pelos membros da igreja.

Pouco antes de assumir o comando do coral e dos músicos no púlpito, o cantor Edgar dos Santos orou junto ao apóstolo Willy Garcia sobre aquilo que faz parte da intenção do trabalho: "Que o Teu nome seja engrandecido", disse o líder Willy. Com mais maturidade, o segundo álbum da igreja acontece num momento de expansão do ministério Vida Nova. "O crescimento numérico é consequência do crescimento espiritual, do amadurecimento no conhecimento da Palavra, nas experiências com Deus", observou o apóstolo.

"Que o Teu nome seja engrandecido", orou o apóstolo Willy Garcia com

Edgar dos Santos antes do início da gravação do CD Aos Teus pés.

Com um cunho evangelístico, a mensagem do disco também é despertar a urgência de se falar o Evangelho. "Esse CD está trazendo um novo tempo para gente como ministério. Além de ganhar almas, que é o nosso principal objetivo, também queremos que seja um instrumento para edificar a Igreja do Senhor Jesus. Têm músicas que desafiam a ir buscar o perdido, a falar de Jesus, como a faixa ‘Buscar e Salvar’. Que a pessoa se sinta desafiado a falar de Jesus", expressou Edgar.

Num ambiente de festa, com momentos quebrantamento, a noite que marcou a história da denominação também teve uma rápida pregação de Willy Garcia, que abordou o significado do que deve ser o louvor na vida do cristão. "Louvar é elogiar. É também concordar com os princípios de alguém. É concordar com tudo o que está no coração de Deus", expôs o apóstolo que aproveitou para relembrar experiências de libertação espiritual que teve com a música.

Paulo Rogério, produtor do CD "Aos Teus Pés", acredita que " Deus

precisa renovar a canção da Igreja brasileira" nos estilos e conteúdo

das letras.

Novo nível de adoração

"Eu tenho convicção de que Deus precisa renovar a canção da Igreja brasileira", avaliou Paulo Rogério, que enxerga na heterogeneidade de letras e estilos o agir de Deus por meio das comunidades evangélicas. "O povo que a Vida Nova alcança, eu não vou alcançar. Existe uma grandiosidade na diversidade. Isso foi demonstrado aqui e será demonstrado também em todas as lojas do Brasil. Em meio a tantos outros títulos, vai entrar um novo que é: ‘Ministério de Louvor Vida Nova - CD Aos Teus Pés", disse Rogério que se envolveu com a denominação por sentir-se integrante não somente da sua igreja. "A grande verdade é que não existem placas [de igrejas]. Somos parte do Corpo de Cristo. Estamos aqui hoje com a demonstração de tudo isso", destacou.

Com um investimento dentro das possibilidades da igreja , o projeto demonstra, para o pastor Bruno dos Santos, um passo de ousadia e fé. "Não queremos fazer mais um CD, mas um CD que traga diferença na vida das pessoas. Estamos fazendo esse trabalho com o talento que Deus nos deu. Não temos dinheiro para uma mega produção, mas temos procurado fazer tudo em excelência. Representa para nós uma mudança de parâmetro de adoração. Que a nossa igreja alcance um nível maior", afirmou o pastor.

Por Felipe Pinheiro

Fotos: Felipe Pinheiro

veja também