Viúva de Champignon pede corrente forte de oração

Viúva de Champignon pede corrente forte de oração

Atualizado: Quarta-feira, 18 Setembro de 2013 as 8:09

Cláudia CamposDomingo, 15 de setembro, o Fantástico exibiu uma entrevista exclusiva com Cláudia Campos, viúva de Champignon.
 
O músico integrante do Charlie Brown Jr. se matou no domingo, dia 9 de setembro, em seu apartamento no Morumbi, em São Paulo.
 
Na entrevista, Cláudia falou do comportamento de Champignon, que ele era muito carinhoso, divertido e de bem com a vida. Só quem conhece sabe, o quanto ele era sorridente, o quanto ele era alegre e o quanto ele me fez a mulher mais feliz do mundo", afirmou.
 
Sobre os últimos meses, ela revela que o música passou por momentos difíceis, principalmente pela morte de Chorão, vocalista do Charlie Brown.
 
Ao assumir o vocal da banda, Cláudia diz que Champignon foi crucificado por muita gente que dizia que ele queria pegar o lugar de Chorão. "Ele precisava de aprovação, ele precisava de respeito e ele não teve isso. Eu acho que ele não aguentou as críticas. Ele andava muito chateado. Comentários maldosos, pessoas maldosas", desabafou.
 
Grávida de cinco meses, a viúva do música acredita que o suicídio tenha acontecido por uma força ruim em um minuto de fraqueza.
 
"Ele tem o meu perdão e da minha filha, e eu pediria nesse momento ao Brasil, aos fãs, uma corrente de oração muito grande", concluiu.
 

veja também