Voluntários levam apoio social e espiritual a comunidades carentes

Voluntários levam apoio social e espiritual a comunidades carentes

Atualizado: Quarta-feira, 5 Janeiro de 2011 as 10:28

Em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, aproximadamente mil moradores das comunidades Jardim Progresso e Jardim do Trevo (foto ao lado), foram beneficiados pelas ações sociais dos voluntários do grupo "A Gente da Comunidade".

Entre as atividades realizadas no local, destacam-se: corte de cabelo, manicure, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e distribuição de alimentos.

Uma peça teatral também foi apresentada pelo grupo de jovens da IURD, além de muita música da banda “Jovem nota 10”.

A assessora, Maria Sant Ana, de 56 anos,  é uma das voluntárias que participou dos eventos e diz ter ficado emocionada em poder ajudar a quem precisa. "Com muita alegria estou ajudando a levar para as pessoas que estão sofrendo um pouco de esperança . Eu pude ver nos olhos das crianças a felicidade de receber um algodão doce, mesmo sendo um pequeno gesto, isso me emocionou muito", comenta.

Ao término do evento social, o pastor Robson Silva Santos, líder do Força Jovem, e o pastor Saulo Rodrigues da Silva, coordenador do grupo "A Gente da Comunidade",  realizaram orações para a proteção da família dos presentes, ao pé da cruz. "É com imensa alegria que ajudo as pessoas que participam do evento, que atualmente passam por diversos problemas sociais e espirituais e que, muitas vezes, estão abandonadas pela sociedade", afirmou o pastor Saulo.

Ação em Pernambuco

Em Recife, na capital pernambucana, o trabalho voluntário do grupo também tem o mesmo objetivo: apoiar a população carente.

No mês de dezembro, integrantes  estiveram na Praça Sesquicentenário, no bairro do Jordão, região central da cidade (foto ao lado), realizando uma ação de utilidade pública, em que os moradores contaram com serviços de emissão de 2ª via da carteira de identidade e da carteira de trabalho; orientação jurídica; e também alguns serviços relacionados a beleza e a saúde.

O coordenador do grupo no estado, pastor José da Guia, falou da importância da assistência prestada à população. “Grande parte das pessoas desconhecem seus direitos, deveres e obrigações que são um conjunto de regras que orientam o indivíduo no convívio em sociedade. Por isso, nos dedicamos ao máximo para levar esclarecimentos a todos”, explicou o pastor.

Colaborou Eloize Padilha

veja também