Pinheiro justifica ausência em votação do PL 122: "Estava em reunião"

Walter Pinheiro "responde" Malafaia e justifica ausência em votação do PL 122: "Estava em reunião"

Atualizado: Quarta-feira, 15 Janeiro de 2014 as 1:31

Walter Pinheiro justifica ausência em votação do PL 122: "Estava em reunião"Após ser criticado por Silas Malafaia por sua ausência na votação do PL 122, o senador cristão Walter Pinheiro (PT) se justificou por meio de uma nota em seu site oficial.
 
No comunicado, o senador afirma que não foi possível comparecer à votação, pois estava em reunião com MEC. 
 
“Não participei nem da votação do PNE [Plano Nacional de Educação] naquele dia. Estive em reuniões com o MEC, na Secretaria de Relações Institucionais com as bancadas que compõem a Comissão Mista de Orçamento, a fim de iniciar a votação da peça orçamentária ainda na noite daquela terça”, afirmou.
 
Membro da CCJ, Walter ainda destacou que se posiciona a favor do respeito ao ser humano e que a tipificação de crimes ainda não foi extinta.
 
“Agora a matéria será tratada no Código Penal e não mais no PL 122. Ao contrário do que muitos divulgaram, a tipificação de crimes não foi sepultada. Defendemos o pleno e total respeito aos direitos humanos e garantias individuais, além da criminalização de toda prática de intolerância e homofobia, como já conseguimos no combate à violência contra a mulher e ao racismo”, disse.
 
Críticas
Em seu programa de televisão semanal (veiculado aos sábados), o pastor Silas Malafaia celebrou a não-aprovação do PL 122 e criticou o senador Walter Pinheiro por sua ausência durante a votação.
 
"Vou falar sobre o fim do Projeto de Lei 122 (7 anos de batalha) e vou dar aqui o nome dos senadores que votaram pela extinção do PLC e aqueles que votaram pela permanência. É muito importante você saber! Teve até senador cristão que se ausentou do plenário, para não votar! Vai ser bonito o negócio aqui, hoje!", alertou.
 
Para conferir o vídeo, clique aqui .
 
Com informações de WalterPinheiro.com.br 

veja também