Yudi testemunha transformação de sua esposa: “Hoje ela canta para Deus”

Na Marcha Para Jesus, Yudi revelou que foi à Farofa da Gkay pela conversão de sua esposa: “Deus falou comigo”.

Fonte: GuiameAtualizado: terça-feira, 12 de julho de 2022 13:35
Yudi Tamashiro e sua esposa, a cantora Mila. (Foto: Pedro Flausino/Marcha Para Jesus)
Yudi Tamashiro e sua esposa, a cantora Mila. (Foto: Pedro Flausino/Marcha Para Jesus)

Yudi Tamashiro contou o testemunho de transformação de sua esposa, a cantora Mila, durante sua participação na Marcha Para Jesus em São Paulo, no sábado (9).

Depois de cantar sua música, “Certo Pelo Certo”, ele declarou: “Eu não vivo do meio gospel, eu não vivo da política, eu vivo de Cristo e para Cristo. Se não fosse Cristo, a um ano atrás quando eu perdi meu pai, eu não teria forças para vir hoje aqui e poder louvar e gritar o quanto Deus salva.”

Yudi então relembrou as críticas que sofreu por ter ido à “Farofa da Gkay”, uma festa que ficou conhecida nas redes sociais. “De um dia para o outro eu perdi 150 mil seguidores, mas ninguém sabia por que eu estava ali”, disse ele. 

O apresentador então revelou que estava acompanhando Mila, na época sua namorada, abrir seus olhos para a realidade que estava vivendo. 

“Meu pai, antes de falecer, me disse: ‘A mulher que mais te amou na vida foi a Camila’. E o dia que eu cheguei na minha célula para contar o meu testemunho, quem estava na minha frente era a Camila”, relatou Yudi. 

Ele lembra que quando a encontrou, ela estava cantando o hit “Tudo Ok”, que a deixou famosa em todo o Brasil. “E Deus falou comigo: ‘O que eu fiz na sua vida, eu vou fazer na vida dela também’”, disse Yudi.

“Eu comecei a ir em vários eventos, onde todos os crentes [criticavam], não sabendo o que estava acontecendo no meu íntimo. Depois de um câncer da minha mãe, depois de perder meu pai, depois de provar a todos que eu estava de pé e permanecia de pé, fui muito criticado”, continuou.


Yudi Tamashiro e sua esposa, a cantora Mila. (Foto: Pedro Flausino/Marcha Para Jesus)

Ele disse que, certa tarde, ele estava em sua casa com Mila e eles se depararam com um vídeo, no qual um pastor dizia que ela era como “uma prostituta de época”. Aquelas palavras logo chatearam a cantora.

“Dentro da minha casa ficou uma grande confusão e ela dizia: ‘Eu não quero ser crente, porque crente aponta o dedo, é esnobe e hipócrita’. E eu falava: ‘O crente pode ser, mas Cristo não é’”, contou Yudi.

E continuou: “Se passou uma semana, depois de ir em todos os eventos com ela, eu continuei falando: ‘Você quer isso para o seu futuro? Eu quero uma família, eu quero filhos, eu quero ser orgulho dentro da minha casa e por onde eu passar’. E a minha mulher, automaticamente, o véu foi rasgado. Ela começou a enxergar o mundo diferente.”

Yudi então testemunhou sua mudança: “Quantas vezes a gente critica, quantas vezes a gente aponta, ao invés de estender a mão, puxar e dizer: ‘Esse é o verdadeiro amor’. Hoje eu tenho orgulho e agradeço a Deus, porque ela largou o funk e hoje canta para Deus.”

Mila então se uniu ao marido no palco, cantando a música “Porque Ele Vive” e declarou: “Eu já pisei em muitos palcos na minha vida, mas esse sem dúvida nenhuma é o melhor palco de todos. É o palco de Jesus!”

Veja o vídeo completo: 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições