Atleta paralímpico glorifica a Deus por recorde mundial: “O plano Dele é o melhor”

Daniel Romanchuk é recordista mundial na corrida de cadeira de rodas, mas, sobretudo, se define como um filho de Deus.

fonte: Guiame, com informações da AG News

Atualizado: Quinta-feira, 31 Outubro de 2019 as 8:50

Daniel Romanchuk é recordista mundial na corrida de cadeira de rodas. (Foto: Daniel Romanchuk/Facebook)
Daniel Romanchuk é recordista mundial na corrida de cadeira de rodas. (Foto: Daniel Romanchuk/Facebook)

O atleta paralímpico Daniel Romanchuk é recordista mundial nas distâncias de 800 e 5000 metros na corrida de cadeira de rodas. Mesmo com diversos títulos no esporte, ele não se define como um atleta de elite, mas sim como um “filho de Deus”.

“A única coisa que aprendi na vida é não tentar fazer demais um plano ou se apegar muito a ele — o plano de Deus pode ser muito diferente, tudo pode mudar amanhã”, disse Daniel à AG News. “Então ore, confie em Deus, Ele tem um plano — Ele sabe onde tudo vai acabar — e confie que Seu plano é o melhor”.

Quando os pais de Daniel, Kim e Stephan Romanchuk, descobriram que seu terceiro filho nasceria com uma espinha bífida — uma malformação na região da coluna vertebral e da medula espinhal que ocorre no início da gestação — foi um momento difícil.

“Ficamos em choque por alguns dias”, disse Kim. “Mas então veio a compreensão e o verdadeiro conhecimento de que isso não era uma surpresa para Deus. Ele usará isso para o bem e, aquilo que não vemos solução, Deus já conhece — nós apenas tivemos que confiar verdadeiramente nisso e entregá-lo a Ele”.

Quando Daniel tinha dois anos, seus pais começaram a apresentá-lo a esportes como basquete em cadeira de rodas e natação. Kim, que era médica em Maryland (EUA), deixou o emprego e passou a dar aulas em casa aos filhos. 

Ela explica que, ao ser educado em casa, cercado pela família e pela igreja, Daniel não foi exposto a muitos preconceitos. Ele cresceu enxergando-se como filho de Deus — não alguém rotulado por uma cadeira de rodas.

No início de 2015, quando Daniel tinha 16 anos, ele fez parte da equipe paralímpica do Rio 2016. Em seguida, Daniel voltou aos EUA e continuou o treinamento em Urbana, em Illinois


Daniel Romanchuk é recordista mundial na corrida de cadeira de rodas. (Foto: Daniel Romanchuk/Facebook)

Seu pastor, Ricky Spindler, tem um grande respeito por Daniel: “Ele é um seguidor de Cristo muito comprometido”, disse. “Ele não se promove de forma alguma. Ele é muito rápido em dar crédito a Deus por todo o seu sucesso”.

Em abril de 2018, o mundo começou a mudar para Daniel, quando ele começou uma ascensão meteórica de atleta de elite a atleta de classe mundial.

“Foi nessa época que, enquanto eu estava sentado na linha de largada das corridas — cerca de 15 minutos — comecei a orar na linha de largada: ‘Seja feita a Sua vontade e toda a glória e honra a Deus’”.

Daniel ficou em terceiro na maratona de Boston e também na maratona de Londres, em abril de 2018. Em outubro de 2018, ele venceu a maratona de Chicago, seguido pela maratona de Nova York menos de um mês depois. Em 2019, ele venceu a Maratona de Boston em 15 de abril, seguido pela Maratona de Londres 13 dias depois, onde foi nomeado campeão mundial.

Com sua crescente fama, Daniel tem feito palestras em escolas, falando sobre perseverança. “[Quero] mostrar às crianças com ou sem deficiência que há esperança, que você não precisa estar em conformidade com os rótulos deste mundo, é meu objetivo”, afirma Daniel. “Quero mostrar a eles que é possível, que há esperança em meio a uma situação que parece muito desesperadora”.

veja também