Bebês que foram levados por tornado sobrevivem após avó orar: “Senhor, traga de volta”

A banheira onde foram colocados foi arrancada do chão e levada pelo tornado, mas eles milagrosamente sobreviveram.

Fonte: Guiame, com informações do WFIEAtualizado: terça-feira, 21 de dezembro de 2021 18:48
Kaden e Dallas, de 15 e 3 meses, sobreviveram ao tornado. (Foto: Captura de tela/WFIE-TV)
Kaden e Dallas, de 15 e 3 meses, sobreviveram ao tornado. (Foto: Captura de tela/WFIE-TV)

Uma avó estava cuidando de seus dois netos bebês na noite de sexta-feira (10), quando o tornado atingiu seu bairro no condado de Hopkins, em Kentucky (EUA). 

Para proteger os pequenos, de 15 e 3 meses, a avó Clara Lutz colocou as crianças dentro de uma banheira com um cobertor, um travesseiro e uma Bíblia.

“Senti o estrondo, senti o tremor da casa. A próxima coisa que eu vi foi que a banheira havia levantado e estava fora das minhas mãos. Eu não conseguia segurar, eu só… Oh meu Deus”, disse Lutz à WFIE-TV, ainda abalada.

A banheira foi arrancada do chão, com os dois bebês dentro. Com a escuridão do tornado, Lutz temeu que seus netos tivessem morrido.

“Eu estava olhando em todos os lugares para ver onde a banheira poderia estar. Eu não tinha ideia onde os bebês estavam. Tudo que eu pude dizer foi: 'Senhor, por favor, traga meus bebês de volta em segurança. Por favor, eu te imploro'”, disse Lutz.

A casa inteira de Lutz foi destruída. No caos, o tanque de água da banheira atingiu sua nuca. Mesmo assim, ela saiu e procurou por alguém que pudesse ajudá-la a procurar os netos.

Dois assistentes do xerife e dois moradores locais, que estavam nas buscas, encontraram em meio aos escombros a banheira tombada, com os bebês dentro. Eles não estavam nem mesmo molhados com a chuva.


Os bebês foram encontrados vivos dentro da banheira. (Foto: Captura de tela/WFIE-TV)

Kaden, de 1 ano e três meses, e Dallas, de 3 meses de idade, foram devolvidos à avó. O mais novo sofreu um inchaço na cabeça e foi levado a um hospital em Nashville, mas o sangramento parou antes mesmo de chegar. 

Segundo o policial Trent Arnold, a preparação da avó ajudou a salvar a vida dos bebês. “Colocar os cobertores e os travesseiros, todas essas coisas em volta daquelas crianças, eu acho que podem ter feito a diferença”, disse Arnold.

Lutz explicou que os pais dos bebês moram no extremo norte do condado, que não foi atingido pelo tornado.

Ela diz que não se importa com a perda material e dá crédito a Deus por salvar a vida de seus netos.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições