Chris Duran: “Já tive carinho dos fãs, mas nada é melhor do que ver uma pessoa restaurada”

O cantor francês fala sobre seu chamado como pastor e a importância da música cristã em sua vida.

fonte: Guiame, com informações da Quem Acontece

Atualizado: Quarta-feira, 29 Maio de 2019 as 12:11

Cantor francês Chris Duran ministrando louvor em igreja. (Foto: Divulgação/Chris Duran)
Cantor francês Chris Duran ministrando louvor em igreja. (Foto: Divulgação/Chris Duran)

Na década de 90, quando viajava o mundo cantando seus sucessos românticos, Chris Duran era assediado por uma multidão de fãs. Hoje o francês, de 44 anos, cuida de sua igreja online no Rio de Janeiro e passa o tempo na companhia da mulher, Poliane, e da filha, Esther, de 13 anos.

“Minha missão é ajudar o próximo e mostrar a verdade, que está na Bíblia e que pode transformar a vida dos que clamam por Justiça. Já tive no passado a alegria do carinho dos fãs, mas não existe maior satisfação do que de ver uma pessoa restaurada pela música ou pela palavra”, disse ele em entrevista à revista Quem Acontece.

Chris se converteu ao cristianismo em 2003, após sobreviver a um acidente de carro no Chile depois de um show. Ele deixou seu estilo para trás e abriu mão de seus contratos, chegando a não ter o que comer e beber na sua geladeira.

“Me mudei de Miami para o Brasil e estava vivendo escondido por aqui. Não tinha água nem para beber e nada para comer na geladeira. Era tão fácil fazer uma ligação para a gravadora e retomar tudo o que eu tinha antes, mas continuei firme e Deus me mostrou que cuida de mim nos mínimos detalhes”, conta.

Chris se tornou pastor de uma igreja “um pouco diferente”. A Online World Church transmite cultos online através do canal de Chris Duran no YouTube.

“Talvez seja até pioneiro nisto. É uma igreja online sem fronteiras. Falo quatro idiomas, inglês, francês, português e espanhol, com o propósito todos os povos. Já temos pessoas que assistem aos estudos bíblicos no Japão, Angola, França... Meu objetivo é alcançar o máximo de pessoas com a mensagem de que Cristo é a única solução e o único que pode salvar a humanidade de guerras, depressão, deste mundo onde pai mata filho... Para mim, não existe missão mais nobre do que levar essa mensagem”, explica.

Ele destaca que seu ministério é parte de um chamado de Deus. “Quando uma pessoa se torna capacitada para um propósito assim, ele é dado por Deus. Pode exigir esforço por parte do homem, mas é Deus quem dá a força e capacitação. Não virei pastor porque é moda. Outros entram com motivação erradas, porque existem ladrões neste meio, que querem apenas dinheiro. Condeno esses ministérios vergonhosos. Eles envergonham o nome de Jesus porque não se preocupam com essência das pessoas e da vida, só com o dinheiro”, afirma.

“Acredito que se eu verdadeiramente fui levantado por Deus, os frutos vão condizer com o que as Escrituras ensinam que é respeitar o próximo e não ligar para as coisas deste mundo”, acrescenta.


Chris Duran com a esposa, Poliane, e a filha, Esther, de 13 anos. (Foto: Divulgação)

Além de ser pastor, Chris faz cerca de 15 shows por mês como cantor gospel. Voltar a cantar música secular ou repertório do passado está fora de cogitação. “Sem chance! Não volto a cantá-las de jeito algum. Já recebi muitos convites para cantar as músicas românticas da época, mas nem em programas que querem contar a minha história faço isso. Não vou mais cantar porque é algo que fala do meu passado. Nesta nova fase não tem cabimento”, ressalta.

Pai de uma pré-adolescente, Chris fala sobre a importância de criar os filhos com os princípios da Palavra de Deus. “Não tem desafio porque a Esther é uma menina tão obediente e entregue a Deus! Ela cresceu nos princípios certos. Acredito que a igreja começa dentro de casa. Tenho que ser pastor da minha filha antes de mais nada”, afirma.

Ele conta que não vê problemas em abordar assuntos delicados com Esther. “A Bíblia aborda muitos temas, inclusive sobre sexo. Acredito que tudo colocado na perspectiva de Deus é positivo. O sexo colocado de maneira certa é algo muito formoso e bonito. Deus que criou o prazer do sexo entre um homem e uma mulher. Tanto o homem quanto a mulher devem se casar virgens. Se eu pudesse ter feito isso, faria. Mas não dava mais. Eu tinha vício em pornografia e uma relação deturpada com o sexo. Mas não me satisfazia. Agora o sexo com a minha esposa é muito bonito e me realiza. Sou um homem fiel a ela e a esses valores”.

veja também