Em debate, Mike Pence diz que não aceita ataques à fé cristã

Os candidatos à Vice-Presidência Kamala Harris (D) e Mike Pence (R) se encontraram para o debate na Universidade de Utah, em Salt Lake City.

fonte: Guiame, com informações do G1 e UOL

Atualizado: Quinta-feira, 8 Outubro de 2020 as 9:29

Kamala Harris (à esquerda) e Mike Pence, candidatos à Vice-Presidência dos EUA participam de debate em Salt Lake City, em Utah. (Foto: Morris Gash / Reuters)
Kamala Harris (à esquerda) e Mike Pence, candidatos à Vice-Presidência dos EUA participam de debate em Salt Lake City, em Utah. (Foto: Morris Gash / Reuters)

Os candidatos a vice-presidente dos Estados Unidos debateram nesta quarta-feira (7), em cumprimento do calendário eleitoral para a corrida presidencial americana. Embora já tenha começado em alguns estados, a votação para a presidência dos EUA acontece no dia 3 de novembro.

O debate aconteceu na cidade de Salt Lake City, capital de Utah, um estado tradicionalmente republicano.

A democrata Kamala Harris e o republicano Mike Pence se enfrentaram durante 90 minutos e expuseram as ideias e propostas de seus respectivos postulantes a ocupar a Casa Branca como mandatário do país, Joe Biden e Donald Trump.

Sobre a questão do aborto, Mike Pence rebateu sua opositora, quando ela disse que lutará pelo direito de escolha das mulheres sobre seu corpo. "Eu sou pró-vida, e eu não peço desculpas por isso", declarou Pence.

Pence também colocou na mesa a questão sobre a fé cristã pelo fato de a nomeação da juíza Amy Coney Barrett à Suprema Corte pelo presidente Donald Trump estar sendo contestada por sua posição conservadora.

"Esperamos particularmente não ver o tipo de ataque à fé cristã dela que vimos antes", disse Pence.

O atual vice-presidente também confirmou seu desejo de ver Barret na Corte. “Nossa esperança é que, na semana que vem, ela tenha uma sabatina justa — diferente do que o juiz [Brett] Kavanaugh recebeu como tratamento de você e de outros".

veja também