“Eu senti Deus me agarrar”, diz adolescente que sobreviveu a queda de 15 metros

Ben Foster sofreu uma queda de um penhasco de 15 metros em um parque no Missouri, nos EUA.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Quinta-feira, 13 Junho de 2019 as 3:26

Ben Foster sofreu uma queda de um penhasco de 15 metros em um parque nos EUA. (Foto: Reprodução/KMOV)
Ben Foster sofreu uma queda de um penhasco de 15 metros em um parque nos EUA. (Foto: Reprodução/KMOV)

Um garoto de 17 anos creditou sua sobrevivência a Deus depois que um passeio em uma trilha em Missouri, nos Estados Unidos, quase se transformou em um acidente mortal no último domingo (9).

Ben Foster estava com seus amigos em uma trilha do parque Cuivre River State Park, próxima a um penhasco de 36 metros de altura. Enquanto caminhava, seu pé escorregou em uma pedra que o fez cair do penhasco a 15 metros de altura, até que um galho interrompeu sua queda.

“Tudo o que eu conseguia pensar era o que vai acontecer a seguir? Eu poderei sair disso?”, disse à emissora americana KMOV. “Eu só lancei meu braço e agarrei [o galho] de alguma forma, e só segurei”.

Depois de alguns minutos, que para Ben pareciam “horas”, os paramédicos e bombeiros chegaram para resgatá-lo. Quando encontraram o jovem, os bombeiros instalaram cordas que o ajudaram a descer o penhasco.

“Senti Deus me agarrar e me puxar com força”, disse Ben, enquanto segurava a cruz de sua corrente. “Deus me agarrou e me trouxe em segurança”.

O jovem foi resgatado e levado para um hospital próximo. Sua mãe, a enfermeira Maria Branon, disse que temia que seu filho não conseguisse voltar a andar novamente.

“Meu coração parou, eu não sabia o que pensar. Como enfermeira, eu congelei, eu não sabia se ele estava vivo. O quanto ele está ferido?”, pensou Maria quando viu o filho.

Ben sobreviveu à queda quase fatal com apenas uma clavícula quebrada e pequenos cortes e contusões. Ele agradeceu aos socorristas e sua fé, que salvou sua vida.

veja também