Fergie diz que oração ajudou a enfrentar batalha espiritual: "Eu via demônios"

A vocalista do grupo The Black Eyed Peas contou que durante anos vivenciou uma batalha espiritual, com visões de demônios.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Quarta-feira, 27 Setembro de 2017 as 12:01

Tendo se tornado conhecida como vocalista do grupo 'The Black Eyed Peas', Fergie está agora investindo em sua carreira solo. (Foto: vibe.com)
Tendo se tornado conhecida como vocalista do grupo 'The Black Eyed Peas', Fergie está agora investindo em sua carreira solo. (Foto: vibe.com)

A cantora e compositora Fergie Duhamel alcançou sucesso em todo o mundo como vocalista do grupo 'The Black Eyed Peas'.

No entanto, seu mais recente trabalho solo, uma canção intitulada "A Little Work" ("Um Pequeno Trabalho"), ilustra a batalha espiritual que ela tem vivenciado há tempos.

"Eu cheguei a um ponto em que eu estava vendo demônios em todos os lugares. Faces do diabo. Criaturas que apareciam para mim e diziam 'voe, voe e voe", contou Fergie no novo vídeo sobre a música.

"Eu estava constantemente em um estado no qual ouvia esses personagens, esses demônios ou criaturas - tentando entender o que eles queriam me dizer, quais eram suas mensagens", ela acrescentou.

Fergie lembra um momento em que quase teve um ataque de pânico em público.

"Eu quase perdi o controle. Eu estava prestes a começar a gritar com todos na rua", diz ela.

Foi quando ela viu o lugar que parecia ser a sua única fonte de esperança: uma igreja.

"Eu vi essa igreja e não havia ninguém lá. Comecei a atravessar os diferentes corredores daquele templo e comecei a orar", diz Fergie.

Em junho de 2017, a cantora foi filmada e fotografada participando de um culto, em Los Angeles.

Fergie, que diz que está levando seu filho (atualmente com quatro anos de idade) para a igreja todos os domingos, continuou explicando como tudo aconteceu.

"Foi exatamente essa epifania que tive nesta batalha espiritual. A guerra entre o bem e o mal, na qual o bem sempre será mais poderoso", diz ela.

No video em que fala sobre a música, ela falou sobre seu avô, o qual ela disse que a ajudou a passar por esta batalha espiritual.

"Eu tive que realmente trabalhar duro para dizer às visões, aos espíritos, aos demônios para irem embora", lembrou ela. "Eu tive que dizer em voz alta: 'Deixe-me em paz. Eu escolho o lado do bem".

Fergie conta que saiu da igreja como uma pessoa completamente diferente, naquela ocasião.

"Aquilo afastou os demônios que estavam à minha volta... de repente senti como se tudo fosse suspenso. Era quase como entrar na luz", diz ela.

Apesar de sua revelação sobre como a oração e a igreja a têm ajudado nestes momentos difíceis, ela diz que está aprendendo a amar a si mesma e que isso ainda é "uma luta".

Fergie e seu marido, Josh Duhamel, acabaram se separando após a divulgação do vídeo de Fergie na igreja.

veja também