“Foi a mão de Deus”, diz pai de menina que sobreviveu a queda do 9º andar

A pequena Clara, de 10 anos, caiu do 9º andar de um prédio em Belo Horizonte. A família suspeita que ela tenha tido um episódio de sonambulismo.

fonte: Guiame, com informações do G1

Atualizado: Quarta-feira, 16 Outubro de 2019 as 11:30

Prédio onde a menina de 10 anos caiu do 9º andar, em Belo Horizonte. (Foto: Reprodução/TV Globo)
Prédio onde a menina de 10 anos caiu do 9º andar, em Belo Horizonte. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Uma menina de 10 anos que caiu do 9º andar de um prédio em Belo Horizonte (MG) tem sido vista como um verdadeiro milagre.

Clara Pereira caiu do apartamento de um casal de primos no último domingo (13), no bairro Heliópolis. Ela bateu o lado esquerdo do corpo em uma cobertura feita com telhas e caiu dentro da área privativa do vizinho do 1º andar. 

A menina quebrou a perna, o braço e parte do rosto deste lado e passou por duas cirurgias. Para o pai, Wallace Paes, sua sobrevivência é milagrosa. “Um milagre de Deus. Não tem explicação”, disse ele ao G1.

A família suspeita que Clara tenha tido um episódio de sonambulismo. Todos estavam deitados quando ouviram o barulho da queda e já a avistaram caída na área privativa, segundo relatos.

Segundo Wallace, os médicos disseram que não encontraram nenhum caso parecido, onde uma criança tenha sobrevivido a uma queda desta altura. “Eles procuraram nos registro e não tem nada parecido na medicina brasileira. Acho que até na medicina mundial”, ele disse.

“Foi a mão de Deus. Sem dúvida nenhuma”, destacou Wallace.

O perito criminal da Polícia Civil, André Godoy, afirmou que a estrutura do 1º andar acabou amortecendo o corpo da criança.

“O ponto desse telhado que ela caiu não tinha nenhuma madeira mais rígida. Ele não ofereceu resistência suficiente para causar uma lesão grave fatal, mas ele ofereceu ao mesmo tempo resistência para amortecer essa queda”, disse Godoy.


Wallace Paes (de camisa cinza), pai da menina que caiu do 9º andar de prédio e se recupera bem em Belo Horizonte. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O pai de Clara disse que ela sobreviveu por cair “de lado”. Segundo Wallace, os médicos disseram que, se ela tivesse caído com as costas ou o peito no chão, a queda poderia ser fatal.

Clara não sofreu lesão na coluna. Ela passou por cirurgias na perna, no braço e no queixo ainda no domingo mesmo, no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. 

A menina se recupera no Centro de Terapia Intensiva (CTI) e não irá precisar de novas cirurgias. Wallace disse ao jornal Estado de Minas que Clara passa por uma “recuperação incrível aos olhos dos homens”.

“Ela está bem. Passou bem a noite. Recobrou a consciência ontem [segunda-feira]”, disse o pai.

A Polícia Civil instaurou investigação para apurar o fato. O laudo deve ficar pronto em 30 dias, mas pode pedir mais 30 dias de prorrogação.

veja também