Grande explosão em Beirute deixa ao menos 10 mortos e centenas de feridos

Detonação ocorreu em um armazém que guardava fogos de artifício, diz imprensa local.

fonte: Guiame, com informações de Veja e Agências internacionais

Atualizado: Terça-feira, 4 Agosto de 2020 as 3:28

Grande explosão atingiu capital libanesa, Beirute, nesta terça-feira (4). (Foto: Anwar Amro/AFP)
Grande explosão atingiu capital libanesa, Beirute, nesta terça-feira (4). (Foto: Anwar Amro/AFP)

Uma explosão de grandes proporções atingiu o porto de Beirute, no Líbano, nesta terça-feira (4). Ao menos dez pessoas morreram, segundo disseram fontes médicas à agência Reuters, e centenas ficaram feridas. De acordo com o ministro da Saúde, Hamad Hassan, a explosão ocorreu em um armazém que estocava fogos de artifício.

Vídeos publicados por usuários nas redes sociais mostram o armazém pegando fogo com luzes, parecidas com as de rojões, acendendo e apagando rapidamente. Logo depois o local é consumido por uma explosão. Há relatos, não confirmados, de uma explosão secundária no centro da capital.

De acordo com a emissora LBC, Hassan afirmou que a explosão deixou um “grande número de feridos”. O ministro da Saúde informou que todos os hospitais da cidade foram instruídos a receber os feridos. Em um comunicado na TV, o presidente da Cruz Vermelha Libanesa, Georges Kettaneh, citou “centenas de feridos” e afirmou que muitos ainda estão presos em escombros de casas; outros estavam sendo resgatados por barcos.

Vítimas

De acordo com a emissora LBCI, o hospital Hotel Dieu recebeu mais de 500 feridos e já estava sem capacidade para tratar outras pessoas. Dezenas precisaram de cirurgias, segundo a emissora.

“Vi uma bola de fogo e fumaça sobre Beirute. As pessoas estavam gritando, correndo e sangrando. Varandas de prédios foram destruídas. Vidro de prédios altos caíram e quebraram na rua”, disse uma testemunha das detonações à agência Reuters.

Explosão deixa feridos em Beirute, no Líbano. (Foto: Anwar Amro / AFP)

O motivo da explosão, ou quais componentes estavam no armazém, ainda não foi confirmado. Em visita à área da explosão, o chefe de segurança interna do Líbano, Abbas Ibrahim, disse que não iria antecipar as investigações.

Autoridades

O presidente do Líbano, Michel Aoun, convocou uma reunião de emergência com seu gabinete para esta terça-feira. O governo também decretou um dia de luto nacional na quarta, em respeito às vítimas.

A residência oficial do presidente também foi atingida, com paredes deslocadas e vidraças quebradas. Ninguém ficou ferido no local.

Destroços após a explosão em área portuário de Beirute. (Foto: Anwar Amro / AFP)

 

 

veja também