“Hollywood está cheio de satanistas”, afirma pastor americano

O pastor Rodney Howard-Browne revela que rituais satânicos são realizados nos bastidores de Hollywood.

fonte: Guiame, com informações de Huffpost

Atualizado: Sexta-feira, 20 Outubro de 2017 as 12:22

O pastor Rodney Howard-Browne diz que rituais satânicos são feitos em Hollywood. (Foto: AFP/Arquivos)
O pastor Rodney Howard-Browne diz que rituais satânicos são feitos em Hollywood. (Foto: AFP/Arquivos)

Diante das diversas acusações de assédio sexual contra o poderoso produtor americano Harvey Weinstein, um pastor revelou que Hollywood está repleta de devotos ao satanismo que se dedicam ao sacrifício humano e rituais com sangue de crianças.

“Essas pessoas estão cheias do diabo”, disse Rodney Howard-Browne, pastor da Igreja The River na costa oeste da Flórida, nos Estados Unidos. “Elas entregaram sua alma ao diabo. Essas pessoas passam por sessões, bebem sangue e sacrificam crianças”.

Na pregação postada em vídeo pelo Right Wing Watch, Howard-Browne acrescentou: “Eles sacrificam crianças nos níveis mais altos em Hollywood. Eles bebem sangue de crianças pequenas. Isto é um fato. É por isso que a próxima coisa a ser exposta será toda a pedofilia que vai sair de Hollywood e de Washington. O sacrifício humano e o canibalismo acontecem há anos”.

O pastor ainda descreveu como acontecem os rituais satânicos em Hollywood. “Muitos dos atores de Hollywood que você vê nas telas levam uma feiticeira, fazem uma grande sessão no set e adoram demônios. Eles permitem que os demônios entrem neles antes que eles tomem parte do que eles vão atuar”, disse ele.

Assédio sexual

A polêmica sobre o magnata de Hollywood, Harvey Weinstein, explodiu no dia 5 de outubro quando o jornal The New York Times publicou uma matéria detalhando casos de assédio ao longo das últimas décadas.

A primeira acusação contra Weinstein é de 1984, quando o produtor assediou a atriz Tomi-Ann Roberts, com então 20 anos, em seu quarto de hotel. O padrão se repetiu nas outras acusações que vieram à tona, com o produtor sempre convidando mulheres ao seu hotel, pedindo favores sexuais em troca de recompensas profissionais.

Mais de 30 mulheres fizeram acusações contra Weinstein de violação e assédio sexual. Entre as vítimas, estão atrizes como Angelina Jolie, Reese Witherspoon, Cara Delevigne, Gwyneth Paltrow, Ashley Judd, Rose McGowan, Lucia Evans e Rosanna Arquette.

veja também