Idosa de 100 anos agradece a Deus por cura do Covid-19: “O Senhor é meu pastor”

Aos 100 anos, Edith Brachman se recuperou do coronavírus mesmo com o histórico de asma e a idade avançada.

fonte: Guiame, com informações do Christian News Network

Atualizado: Terça-feira, 5 Maio de 2020 as 2:55

Aos 100 anos, Edith Brachman se recuperou do coronavírus. (Foto: Reprodução/Fox 29)
Aos 100 anos, Edith Brachman se recuperou do coronavírus. (Foto: Reprodução/Fox 29)

A família de uma idosa de 100 anos está dando crédito a Deus por sua recuperação do novo coronavírus, mesmo com o histórico de asma e a idade avançada.

Edith Brachman foi diagnosticada com Covid-19 no mês passado na casa de repouso onde vive, no Condado de Bucks, no estado norte-americano da Pensilvânia. 

A neta de Brachman, Kelly Venner, pediu orações nas redes sociais: “Minha linda vovó, de 100 anos, testou positivo. Não podemos visitá-la na casa de repouso. Ela crê no Senhor e no plano de Deus. Sua fé nunca desiste. Pedindo orações por ela e nossa família”.

Ela também compartilhou um vídeo de Brachman recitando o Salmo 23: “O Senhor é meu pastor; nada me faltará”.

“Meu irmão e eu dissemos: ‘Se ela sobreviver a isso, que Deus a abençoe’”, disse Bill, o filho de Edith, à emissora de televisão americana Fox 29.

Duas semanas atrás, a família recebeu a feliz ligação com a notícia de que Edith realmente havia sobrevivido. Ela foi afastada do isolamento e recebeu a visita de seu filho e neta à distância — do lado de fora da janela de sua casa de repouso, acenando e mandando beijos.

“Até as pessoas na casa de repouso ficaram completamente surpresas”, disse Kelly.

“Isso é uma bênção”, declarou Bill. “Eu disse a ela hoje: ‘Vamos comemorar seu aniversário de 101 anos em julho’”.

Uma mulher de 90 anos nos Estados Unidos também agradeceu a Deus por sobreviver ao coronavírus. Em entrevista à CBN News, Geneva Wood disse que sentiu a presença de Deus em uma noite difícil no hospital.

“Suas mãos estavam no meu corpo, e eu pude sentir Sua presença. Quando eu pude acordar e sentir essas mãos eu voltei a dormir”, disse Wood. “Durante a noite, quando eu acordava, não conseguia ver o rosto Dele, mas sentia suas mãos e sabia que Ele estava comigo. E eu consegui passar a noite”.

"Se não fosse por Ele, eu não poderia ter feito isso”, disse a idosa. “Eu não estava sozinha, porque Ele esteve comigo o tempo todo”.

veja também