Igreja abre portas para ajudar população a receber auxílio emergencial de R$ 600

Uma igreja na cidade de Pinheiros, no Espírito Santo, recrutou voluntários para orientar pessoas que estão com dificuldades na retirada do auxílio emergencial na Caixa.

fonte: Guiame, com informações da Gazeta

Atualizado: Terça-feira, 5 Maio de 2020 as 11:14

Beneficiários são orientados por voluntários dentro da igreja. (Foto: Primeira Igreja Batista de Pinheiros)
Beneficiários são orientados por voluntários dentro da igreja. (Foto: Primeira Igreja Batista de Pinheiros)

Diante das dúvidas e grandes filas de pessoas em busca do auxílio emergencial de R$ 600, uma igreja da cidade de Pinheiros, no Espírito Santo, está oferecendo orientação gratuita para quem está com dificuldades nas agências da Caixa.

A Primeira Igreja Batista de Pinheiros reuniu voluntários que começaram os trabalhos de orientação na manhã desta segunda-feira (4). No primeiro dia, cerca de 80 pessoas que estavam na fila foram atendidas e 60 delas tiveram a demanda resolvida sem precisar ir à agência bancária.  

“Nossa igreja fica próxima à agência da Caixa, então eu estava observando as filas e isso me incomodava, eram centenas de pessoas aglomeradas. Resolvemos então disponibilizar nossa estrutura e voluntários para ajudar as pessoas que estavam na fila”, disse o pastor Wagner Poubel à Gazeta ES.

“Muitas pessoas não precisavam estar na fila, mas não tinham uma orientação adequada, nosso objetivo é esse, ajudar com orientação para que as pessoas não precisem se expor em aglomerações”, explicou o pastor.

O pastor Wagner Poubel apresentou a ideia aos representantes da Caixa no município na semana passada. Ao aprovar a medida, a direção do banco disponibilizou materiais de estudo para que os voluntários fossem capacitados para ajudar os beneficiários.  

“Nós recrutamos seis jovens voluntários da igreja, então passamos o feriado e o final de semana orientado eles sobre o funcionamento do sistema do auxílio emergencial para que eles pudessem ajudar as pessoas”, contou.  

O atendimento é feito pelos jovens voluntários dentro da igreja, das 8 horas até o meio-dia. Os voluntários estão trabalhando com máscaras de proteção para se prevenirem do novo coronavírus.

veja também