Igreja é denunciada por injúria após supostamente recusar batismo de homossexual

O boletim de ocorrência foi registrado como injúria e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Guiame, com informações do G1Atualizado: quinta-feira, 9 de dezembro de 2021 12:58
Delegacia da Polícia Civil de Araçatuba (SP). (Foto: Reprodução / Prefeitura de Araçatuba)
Delegacia da Polícia Civil de Araçatuba (SP). (Foto: Reprodução / Prefeitura de Araçatuba)

A igreja Assembleia de Deus Ministério do Belém de Araçatuba, interior paulista, foi denunciada por injúria por supostamente se recusar a batizar um jovem de 19 anos homossexual.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima agendou o batismo na igreja para o sábado (4) e, ao chegar ao local, dois pastores negaram a cerimônia.

Conforme relatado pelo cabeleireiro à polícia, os religiosos disseram que a vítima, por ser gay, ter unhas grandes e usar brincos, não poderia ser batizada na igreja.

O boletim de ocorrência foi registrado como injúria e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições