Ladrão devolve carro roubado e deixa carta pedindo perdão: “Me separei de Deus”

O homem que roubou um carro no Paraná se arrependeu do crime e devolveu os pertences aos donos, junto com uma carta onde pedia perdão.

fonte: Guiame, com informações de G1

Atualizado: Quarta-feira, 18 Outubro de 2017 as 4:39

Ladrão se arrepende, devolve carro e pertences roubados e pede perdão em carta. (Foto: RPC/Reprodução)
Ladrão se arrepende, devolve carro e pertences roubados e pede perdão em carta. (Foto: RPC/Reprodução)

O homem que roubou um carro em Guarapuava, no Paraná, acabou se arrependendo do crime e devolveu os pertences aos donos junto com uma carta onde pedia perdão.

O veículo que pertence ao técnico em informática Thiago Sene foi roubado na noite de sábado (7), por volta de 20h30, quando ele entregava um computador para um cliente. Ele deixou o carro destrancado e com a chave na ignição. “Quando olhei já não estava mais lá”, disse ele ao G1.

Thiago e sua esposa, Cleiviane, acabaram encontrando o veículo abandonado no estacionamento de uma loja, a aproximadamente dois quilômetros do local do roubo. Tinham sido levados os pertences que estavam dentro do veículo, como um tablet, um aparelho de dvd e uma bateria de celular.

No entanto, o casal teve uma surpresa na madrugada de segunda-feira, por volta de 1h30, quando Thiago recebeu uma ligação a cobrar. “Eu peguei e retornei. Ficou uns 30 segundos sem falar nada, aí começou: ‘Quero pedir desculpas pelo que fiz’”, ele relata.

Disposto a consertar o erro, o homem avisou que tinha devolvido os pertences. “Ele disse que tinha deixado onde o carro foi roubado, atrás de uma árvore, perto do portão. Acordei minha esposa, fomos até lá e estava tudo mesmo”.

O casal se surpreendeu ainda mais quando encontrou uma carta junto com o pacote onde estavam os pertences devolvidos. Com uma escrita a mão, o homem pediu desculpas e contou sobre o momento difícil que estava passando.

“Vi que vocês são evangélicos na Metodista. Eu também era. Minha vida era tranquila. Eu tinha paz, tinha emprego, tinha tudo que precisava, mas me separei de Deus e minha vida virou de cabeça pra baixo”, disse o ladrão. “Comecei a beber, perdi meu bebê, bati o carro, perdi emprego e a minha mulher quer me deixar. Não justifica o que eu fiz, o mal que causei a vocês. Me perdoem. Vou buscar a Deus”.


Carta foi deixada junto com pertences devolvidos ao casal. (Foto: RPC/Reprodução)

Thiago e Cleiviane ficaram comovido com a história do homem e decidiram retirar a queixa na delegacia. “A carta que ele deixou para a gente mostra que o caráter dele não é de um malandro. A gente acredita no arrependimento do ser humano. Ele se arrependeu, da nossa parte está perdoado”, disse Cleiviane.

Ela afirma que teve a oportunidade de mudar na vida e acredita que ele também pode experimentar essa mudança. “Eu quero dar essa força para a família dele, tanto espiritualmente quanto financeiramente”, disse Cleiviane.

veja também