Mãe conhece receptor do coração de filho falecido e louva a Deus, emocionada

Depois de perder o filho em fevereiro, a aposentada encontrou o receptor de seu coração e agradeceu a Deus.

fonte: Guiame, com informações de G1

Atualizado: Quinta-feira, 28 Setembro de 2017 as 11:10

Mãe reencontra receptor do coração do filho falecido e não segura a emoção. (Foto: Reprodução/G1)
Mãe reencontra receptor do coração do filho falecido e não segura a emoção. (Foto: Reprodução/G1)

Depois de perder o filho em fevereiro deste ano, uma mãe se emocionou ao conhecer o homem que recebeu seu coração, em um encontro promovido no Hospital da Polícia Militar em Vitória, no Espírito Santo.

O filho da aposentada Nair Costa Micaella, de 65 anos, faleceu há cerca de sete meses com apenas 31 anos, após ficar oito dias internado por causa de um aneurisma.

Mesmo em meio à dor do luto, a decisão de doar os órgãos de Edson Costa Micaella trouxe vida à muitas famílias. Devido a sua doença não ter afetado muitos dos órgãos, foram doados duas córneas, dois rins, o fígado e o coração.

“Foi de Deus mesmo, porque a gente jamais quer perder um filho. Então na hora que falaram que não tinha mais jeito com ele, que só estava nos aparelhos e era para eu decidir, Deus me tocou. Eu decidi então doar. Muitas mães e filhos ficaram felizes. Não importam minhas lágrimas”, disse Nair , muito emocionada, ao G1.

Nesta quarta-feira (27), dona Nair encontrou as pessoas que receberam os órgãos do filho e não segurou a emoção, principalmente ao conhecer o homem que recebeu o coração de Edson: o aposentado Sérgio Gomes, de 64 anos.

No encontro, Sérgio se disfarçou de médico e fingiu examinar o coração dela, que já estava emocionado por ela ter conhecido os receptores de rim e fígado. Quando ele revelou que era o receptor do coração de seu filho, dona Nair se entregou às lágrimas e agradeceu a Deus.

“Dona Nair, esse coração é do seu filho”, disse Sérgio à aposentada. “Oh Senhor, meu Deus, meu Pai. Deus amado, obrigada Senhor”, declarou Nair, em lágrimas.


Aposentado recebeu um novo coração do filho de dona Nair. (Foto: Reprodução/G1)

Sérgio agora considera dona Nair como uma nova mãe. “Eu sonhei com esse momento, porque se não fosse pelo gesto de amor que Deus colocou nessa pessoa, eu não estaria aqui. No momento de dor, ela não sabia quem poderia salvar, mas ela salvou a mim. Se estou aqui conversando com vocês, agradeço a ela”, afirma.

O encontro de doadores e receptores de órgãos foi promovido pela Secretaria Estadual de Saúde. Esse tipo de contato não é comum, pois há uma orientação para que doadores e receptores só se vejam uma vez, se for a vontade de ambos, segundo a coordenadora da Central de Transplantes, Raquel Matiello.

“Promover o encontro é colocar em evidência o conforto que a doação dá para as famílias doadoras, sabendo que pode ajudar e levar esperança para outras”, explica Raquel Matiello.

veja também