Mais de 130 mil meninas são registradas como casadas no Irã em 4 anos, diz relatório

As informações são do relatório do Centro de Estatísticas do regime iraniano de 30 de novembro de 2020.

Fonte: Guiame, com informações do Mojahedin Organization of IranAtualizado: segunda-feira, 7 de dezembro de 2020 15:00
Mais de 7.000 meninas no Irã estão registradas como casadas com menos de 14 anos. (Foto: Reprodução / Mojahedin Organization of Iran)
Mais de 7.000 meninas no Irã estão registradas como casadas com menos de 14 anos. (Foto: Reprodução / Mojahedin Organization of Iran)

O relatório trimestral do Centro de Estatísticas do Irã mostra que mais de 7.000 meninas entre 10 e 14 anos foram registradas como casadas, acrescentando que uma era casada com menos de 10 anos.

O documento também indica que, entre 2016 e 2019, cerca de 130.000 meninas menores de 14 anos foram registradas como casadas. “Isso significa cerca de 43.300 casamentos de meninas menores de 14 anos acontecem a cada ano”, de acordo com um relatório, publicado pelo Centro de Estatísticas do regime iraniano em 30 de novembro de 2020.

O dano físico e psicológico causado pelo casamento infantil são irreparáveis ​​às vidas dessas meninas, especialmente aquelas que engravidam com menos de 18 anos. Isso inclui mortes de mães jovens, depressão, tentativas de suicídio, divórcio, evasão escolar e a continuação da pobreza cultural e econômica.

Mohammad Mehditandgouyan, vice-ministro dos Esportes e Juventude do regime, indicou um aumento no número de candidatos a empréstimos matrimoniais entre meninas menores de idade. “Nos últimos anos, dois terços dos solicitantes do empréstimo eram meninas menores de idade, e isso às vezes está associado a casamentos forçados”, disse ele.

Zahra Kasayipour, chefe do Departamento de Assuntos da Mulher e Família na província de Markazi (Central), disse que nos últimos seis meses 109 meninas com menos de 15 anos foram registradas como casadas.

Kasayipour relatou os seguintes números registrados:

-1.157 meninas menores de 18 anos ficaram grávidas de 2017 a 2019

-1.055 meninas menores de 15 anos ficaram grávidas de 2016 a 2019

-109 mães grávidas menores de idade registradas este ano

As estatísticas de casamento infantil têm aumentado nos últimos anos. Ativistas dos direitos da criança dizem que os casamentos infantis prejudicarão a saúde da sociedade iraniana no futuro.

O casamento de meninas antes de atingir a maturidade reflete o desastre generalizado no Irã. A idade oficial para o casamento no Irã é decidida com base na "maturidade sexual", enquanto, de acordo com especialistas, a maturidade sexual é apenas parte da maturidade humana plena. Crescimento, consciência, educação e liberdade de escolha são as condições mais básicas e humanas para constituir família.

Além disso, de acordo com o centro de estatísticas do regime, 95.000 divórcios entre mulheres menores de 19 anos foram registrados entre 2011 e 2015. Cerca de 5.760 divórcios estavam relacionados a casamentos em que o casal tinha menos de 15 anos no momento do casamento.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições