Médico é impactado após pastor ser curado de Parkinson em um culto

O pastor Robbie Willis foi curado através da oração de uma idosa, que teve um sonho no qual Deus a enviava para orar por ele.

fonte: Guiame, com informações da AG News

Atualizado: Sexta-feira, 28 Junho de 2019 as 12:12

Pastor Robbie Willis e sua esposa, Anna May. Ele foi curado do mal de Parkinson através de uma oração. (Foto: AG News)
Pastor Robbie Willis e sua esposa, Anna May. Ele foi curado do mal de Parkinson através de uma oração. (Foto: AG News)

Por quase dez anos, o pastor Robbie Willis, de 38 anos, teve que lidar com dificuldades físicas — desmaios, tremores e extrema fraqueza — que não foram explicadas pelos médicos. 

Muitas vezes, ele mal conseguia se manter em pé até o final de uma pregação na Primeira Assembleia de Deus de Mulberry, em Arkansas, nos Estados Unidos.

Mas Deus mudou seu quadro de saúde de forma tão milagrosa que um cético neurocirurgião foi incapaz de explicar sua evolução baseando-se na medicina.

Robbie e sua esposa, Anna May — com quem tem cinco filhos entre 8 e 14 anos, sendo dois adotados — oraram por anos pela cura, mas suas orações pareciam não ser ouvidas. Até que finalmente, em abril de 2016, houve um diagnóstico. 

Um neurologista altamente qualificado em Fort Smith diagnosticou Robbie com Tremor Essencial (TE), uma desordem neurológica considerada comum. No entanto, novos sintomas começaram a apontar para algo mais grave: mais tarde, Robbie foi diagnosticado com a doença de Parkinson

Embora muitas reuniões de oração tenham sido realizadas, a doença continuava progredindo, e uma batalha entre fé e “fato” foi iniciada. “A partir do momento em que percebi a doença que eu tinha, acreditava que Deus me curaria. No entanto, esse medo persistente não sumia”, disse Robbie à AG News.

Com o passar dos meses, o Parkinson continuava avançando: os tremores aumentaram, o pastor não conseguia escrever, seu equilíbrio estava comprometido, sua memória e até mesmo a capacidade de falar falhavam.

Obediência a um sonho

Até que uma uma idosa chamada Mary Davis, de 73 anos, teve um sonho. Ela é membro da Grace Church no Texas, mas quando estava em sua cabana de veraneio no Arkansas, costumava visitar uma congregação que estava em oração pelo pastor Robbie.

“Eu nunca estive na igreja do Robbie, mas sonhei que estava ali, sentada do lado esquerdo, e o irmão Robbie veio e ficou atrás do púlpito. Me levantei e disse: ‘Irmão Robbie, venho orar por você’. E então eu acordei”, conta Mary.

Mary teve a convicção de que aquele sonho foi uma mensagem de Deus. Ela e seu marido, Buster, conversaram com o pastor de sua igreja em Arkansas, Robert Boen, e ele entendeu que a idosa deveria orar por Robbie, assim como mostrava o sonho.

Em um culto de domingo, 29 de outubro de 2017, Mary recebeu o microfone. Naquele momento, “a presença do Senhor encheu a sala”, relata a AG News. A idosa ficou em pé diante de Robbie e começou a orar fervorosamente.

“Eu literalmente falei com a doença dele”, lembra Mary. “Eu disse que era algo mau, não de Deus, que não tinha lugar no corpo dele, que era um inimigo e, de acordo com a Palavra de Deus, nenhum inimigo poderia ficar na presença de Jesus. Eu então ordenei que a doença deixasse o corpo dele e nunca mais voltasse”.

Enquanto Mary declarava a Palavra de Deus sobre Robbie, lágrimas começaram a rolar por seu rosto. “Fiquei cada vez mais consciente da realidade de que Deus estava me curando”, conta o pastor.

Tocando o lado de seu rosto, Mary concluiu sua oração: “Em nome de Jesus, seja completado”. Ao fim da oração, Robbie se levantou da cadeira e pôde sentir a força retornando ao seu corpo.

“Apenas oração”

Na manhã seguinte, ele tinha apenas um sintoma restante, que desapareceu no terceiro dia. Ele parou de tomar suas medicações com a permissão do médico e nenhum dos antigos sintomas voltaram.

Depois quase três meses sem medicamentos, Robbie visitou seu médico para um exame neurológico em 23 de janeiro de 2018. O resultado não constatou nenhum vestígio da doença e seu médico, perplexo, perguntou o que Robbie tinha feito diferente. Sua resposta? Oração.

“Apenas oração?”, perguntou o médico a Robbie, confuso. “Sim senhor. Apenas oração”, respondeu Robbie. 

O pastor Robbie não foi o único curado naquela noite. Além de Anna May receber a cura de uma dor crônica, uma jovem, Melody, foi curada da síndrome de Ehlers-Danlos.

veja também