Menino escreve para Jesus antes de morrer em acidente: "Estou animado para ir ao céu"

Samuel Barker morreu aos 7 anos após ser atingido por um micro-ônibus na saída da escola. Sua família o descreve como uma criança que tinha “uma fé real”.

fonte: Guiame, com informações do Premier Christian News e Daily Mail

Atualizado: Quinta-feira, 16 Janeiro de 2020 as 12:17

Samuel Barker morreu aos 7 anos após ser atingido por um veículo na saída da escola. (Foto: Arquivo pessoal)
Samuel Barker morreu aos 7 anos após ser atingido por um veículo na saída da escola. (Foto: Arquivo pessoal)

Um menino de 7 anos de idade, que morreu após ser atropelado por um micro-ônibus em Monmouth, no País de Gales, fez uma carta dedicada a Jesus meses antes do acidente que aconteceu na segunda-feira (13).

Samuel Barker morreu no local a cerca de 1,6 km escola Osbaston Church in Wales School, após o fim das aulas. Um homem de 45 anos foi preso depois que Samuel foi atingido e morto, informou a polícia na terça (14).

Na terça, em tributo divulgado pela polícia, seus pais prestaram homenagem ao filho. “Como família, somos encorajados e sustentados por nossa fé em Jesus. Embora desejássemos ter tido mais tempo com Samuel, sabemos que ele está agora com o Senhor Jesus Cristo em eterna paz”, diz o texto.

“O próprio Samuel tinha uma fé real. Alguns meses atrás, ele escreveu estas palavras: ‘Eu confio em Jesus. Estou muito animado para ir para o céu’. Estamos todos ansiosos para vê-lo lá também”, acrescenta a família.

O Rev. Jonathan Greaves, da Igreja Batista de Monmouth, conhecia Samuel desde que nasceu, pois sua família frequenta a igreja há vários anos. 

Em entrevista ao Premier, o Rev. Greaves leu as palavras deixadas por Samuel falando sobre sua fé Deus. O menino ganhou um livro “alguns meses atrás” e resolveu escrever uma dedicatória a Jesus.

“Eu amo Jesus e Deus porque eles cuidam de mim e são bons comigo. Eles me amam muito e me fazem ser melhor e são os melhores adultos do mundo inteiro. Eu os amo muito, muito. Eles são muito gentis comigo. Sempre acreditarei neles. Eles gostam muito de mim. Eles são tão, tão, tão, tão, tão gentis comigo e eu confio neles”, disse Samuel na carta.

“Eles me dão força. Ele me ama o tempo todo. Eu louvo ao Senhor, posso confiar Nele. Eles são os melhores. Estou tão animado para ir para o céu. Eu nunca vou me machucar e nunca vou precisar tomar ponto. E Ele morreu na cruz por mim. Ele salvou minha vida”, continua a mensagem do garoto.

O Rev. Greaves disse que toda a comunidade está “abalada” pela morte de Samuel, mas está sendo cercada de apoio. 

Ele disse que a mãe de Samuel, Cat, pediu que os cristãos orassem “por um avivamento do espírito de Deus” em sua cidade após a morte de seu filho. Cat também informou que a morte de Samuel já “trouxe um membro da família para Cristo”. 

veja também