Menino vence anomalia no coração após clamor da família: “Para tudo há um propósito”

Arão nasceu com uma anormalidade na estrutura do coração e passou por diversas cirurgias, mas viveu milagres através do clamor da família.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Terça-feira, 1 Outubro de 2019 as 10:59

Arão enfrentou diversas cirurgias após seu nascimento. Hoje, aos 9 anos, ele é marcado por milagres. (Foto: Arquivo pessoal)
Arão enfrentou diversas cirurgias após seu nascimento. Hoje, aos 9 anos, ele é marcado por milagres. (Foto: Arquivo pessoal)

O pequeno Arão nasceu para mostrar que Deus tem propósito até nas dificuldades. Ele foi diagnosticado com poliesplenia e cardiopatia-congênita, uma anormalidade na estrutura do coração presente antes do nascimento. Hoje, aos 9 anos, ele celebra uma vida marcada por milagres.

Durante uma gestação delicada, os exames indicaram que o bebê de Iandra e Cesar Silva tinha mais de nove anomalias no coração — e as chances de sobreviver seriam poucas. Arão nasceu no dia 7 de setembro de 2010 no Japão, onde mora a família de brasileiros, sem anomalias externas.

“Devido a poliesplenia, ele poderia nascer com muitas outras anomalias externas além dos problemas no coração e outros órgãos. Mas ele nasceu um menino forte e não tinha nenhumas das anomalias externas que os diagnósticos diziam que ele poderia ter. Louvamos a Deus e agradecemos muito”, disse Iandra em entrevista ao Guiame.

Com apenas 21 dias de vida, Arão enfrentou sua primeira cirurgia do coração. Mais tarde, ele foi diagnosticado com estenose da traqueia e foi necessária uma segunda cirurgia, mais conhecida como traqueostomia, em março de 2011.

No mês seguinte, em abril de 2011, Arão passou pelo terceiro procedimento médico — foi realizada a segunda cirurgia do coração. Uma terceira cirurgia voltou a ser feita no coração em setembro do mesmo ano, quando ele teve os sintomas de cianose e insuficiência cardíaca. 

“A cada cirurgia que ele teve que ser submetido, era para nós um desafio de fé”, lembra Iandra, que também é mãe de outros dois filhos, frutos do casamento com Cesar.


Arão após terceira cirurgia no coração em setembro 2011, quando teve cianose e insuficiência cardíaca. (Foto: Arquivo pessoal)

Orações que geram milagres

Aos 5 anos de idade, depois de um longo período de tratamento e muitos desafios, Arão enfrentou uma complexa cirurgia de reconstrução da traqueia. Após o arriscado procedimento, que teve duração de mais de 10 horas, o pequeno passou dois meses e meio na UTI.

No período pós-cirúrgico, Arão teve insuficiência cardíaca e uma série de complicações. “Fomos chamados pelos médicos e a notícia que tivemos nos deixou sem chão naquele dia — disseram que ele tinha poucas chances de sobreviver e que fariam tudo que fosse possível para salvá-lo”, conta Iandra.

Neste momento, familiares e amigos se uniram ao casal para clamar a Deus por um milagre, e Ele respondeu. “Clamamos a Deus junto com nossa família, igreja e muitos amigos que oraram por um milagre na vida do Arão. E graças a Deus ele se recuperou. Foi para nós uma experiência marcante”, lembra Iandra.

Iandra afirma que o apoio da família e dos amigos foi importante, pois eles “deram suporte para superar todos os desafios”. Eles também eram movidos pela “certeza de que Deus estava no controle mesmo que não soubéssemos todo o trajeto que teríamos que enfrentar”.

Seis meses depois, Arão passou por outra cirurgia para fechar a traqueostomia. Hoje, aos 9 anos, o tratamento do coração e da traqueia foi encerrado. Ele consegue se alimentar normalmente, não precisa mais de auxílio de oxigênio e nenhum outro aparelho médico.

“Mas pelas sequelas das cirurgias, tem atraso no desenvolvimento e foi diagnosticado com autismo também. Hoje ele é medicado com remédios para o coração e também para acalmar e dormir, devido às sequelas de todo período de tratamento”, explica Iandra.


Iandra e Cesar Silva junto com seus três filhos. Arão (ao centro) tem hoje 9 anos. (Foto: Arquivo pessoal)

Mesmo diante de tantos desafios, a família aprendeu que “em todas as coisas há um propósito”.

“Arão nos deu um grande exemplo de superação; ele foi um guerreiro. Na vida nem tudo vai acontecer do jeito que planejamos, mas são nos momentos de desafios que crescemos e amadurecemos. Aprendemos o quão importante é a família, os amigos e a importância de crer para nunca esmorecer”, destacou Iandra. “Para todas as coisas há um propósito”.

Iandra disse ainda que sua família apegou-se à citação bíblica do livro de Jó, que diz: “Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser frustrado (Jó 42:2)”.

veja também