Missão Covid: Médicos voluntários criam site para consultas gratuitas

Para evitar ida aos hospitais e atender pessoas sem plano de saúde, a Missão Covid promove teleatendimento gratuito.

fonte: Guiame, com informações do Globo

Atualizado: Terça-feira, 14 Abril de 2020 as 1:10

Médico Leandro Rubio faz teleatendimento na plataforma Missão Covid. (Foto: Arquivo pessoal)
Médico Leandro Rubio faz teleatendimento na plataforma Missão Covid. (Foto: Arquivo pessoal)

Pessoas que não têm plano de saúde podem ter consultas particulares sem sair de casa, ao se deparar com sintomas do novo coronavírus. A plataforma Missão Covid reúne mais de 200 médicos voluntários que pretendem orientar pacientes em todo o Brasil

O serviço, que realizou mais de 1500 teleatendimentos nos primeiros 15 dias de funcionamento, ajuda a orientar a população e evitar a sobrecarga das emergências nos hospitais.

Segundo um relatório da Missão Covid enviado ao jornal O Globo, 10,8% dos pacientes atendimentos foram encaminhados para unidades de saúde. Destes, 41,9% tinham a hipótese diagnóstica da Covid-19. O levantamento mostra que 96,6% das pessoas estavam no Brasil quando buscaram a plataforma.

O projeto foi idealizado pelo oncologista Raphael Brandão e cardiologista Leandro Rubio, enquanto estavam em recolhimento domiciliar. Com o apoio do consultor de inovação digital Cristiano Kanashiro, a plataforma foi criada em 48 horas. 

Na fase de testes iniciais, 20 médicos atendiam a alguns pacientes. Aos poucos, o número de voluntários foi crescendo.

“Os pacientes estão dando um retorno positivo sobre o atendimento, mas o que me surpreende são os relatos de satisfação dos médicos. A iniciativa estimula a arte da medicina. São os profissionais promovendo a saúde durante a pandemia”, disse Brandão ao Globo.

Uma das voluntárias que atuam no projeto, a médica Lilian Pereira Galvão, de 56 anos, está participando da Missão Covid para apoiar seus colegas que trabalham na linha de frente do combate ao coronavírus e instruir os pacientes.

“Grande parte dos pacientes não precisa de atendimento presencial. Mas a situação geral de pandemia gera pânico e insegurança, o que muitas vezes pode ser resolvido com orientações básicas sobre como tratar sintomas leves e a hora certa de procurar ajuda nos hospitais”, explica.

Para ter uma consulta médica na plataforma Missão Covid, acesse o site: missaocovid.com.br

veja também