Mulher com dor há 13 anos é tocada por Deus após visão em cirurgia: “Ele ainda cura”

Joanne Moddy conviveu com dores constantes por 13 anos e enfrentou 14 cirurgias por causa de danos neurais, até ter um encontro face a face com Deus.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 5 Maio de 2021 as 8:21

A norte-americana Joanne Moddy conta seu testemunho. (Foto: 700 Club Interactive/YouTube)
A norte-americana Joanne Moddy conta seu testemunho. (Foto: 700 Club Interactive/YouTube)

Uma mulher conviveu com dores constantes por 13 anos e enfrentou 14 cirurgias por causa de danos neurais, até ter um encontro face a face com Deus.

Em sua primeira gravidez, Joanne Moddy teve que se submeter a uma cesariana. No entanto, ela não teve uma recuperação comum — as dores se tornaram constantes.

“Era como se todos os meus órgãos estivessem ruindo e brigando. Essa era a sensação que eu tinha”, disse Joanne ao 700 Club Interactive.

Os meses se transformaram em anos de dor, mas os médicos não conseguiram descobrir a causa. Depois de cinco anos e sete cirurgias, Joanne não conseguia encontrar alívio para sua condição; nem mesmo os inúmeros analgésicos.

Em meio à dor e ao sofrimento, a única coisa que deu a Joanne a confiança para não desistir foi a Palavra de Deus. “Eu deitei no chão e chorei. E então lia a palavra e tinha uma promessa e repetia isso e me sentia positiva”, lembra. “Mas então eu também entrava em colapso e queria me matar”.

Em 2004, os especialistas finalmente descobriram a doença de Joanne. Eles encontraram nervos em sua pelve que foram esmagados durante as 91 horas de trabalho de parto. No entanto, o tratamento deu apenas um alívio temporário, não a cura.

Joanne então começou a acreditar que era uma decepção para Deus. Ela pensou que devia ter feito algo errado para merecer o sofrimento. “Eu não conseguia entender como um Pai bondoso permitia aquilo”, afirma.

Face a face com Deus

Joanne foi para mais uma cirurgia com um especialista na França, mas desta vez, sua vida esteve em risco. “Eu sabia que eu estava morrendo. É estranho dizer isso, mas eu sabia”, ela conta. “Deixei meu corpo e subi e pela primeira vez desde janeiro de 1999 não sentia nenhuma dor”.

Naquele momento, ela se sentiu amada, protegida e pronta para ser levada por Deus. Então ela ouviu Sua voz: “Eu tenho visto o seu sofrimento, filha, e conheço muito bem a sua dor”. 

Então, Deus então mostrou a Joanne seu marido e seu filho, e ela voltou ao seu corpo. “Eu sabia que se eu partisse com Deus, meu filho nunca iria conhecê-Lo”.

Com o passar do tempo, seu estado de saúde continuava piorando. Até que em 2013, em Orlando (EUA), ela participou de uma conferência da Global Awakening, liderada pelo pastor Randy Clark.

Ela foi ministrada por um homem que revelou seu estado emocional doente, repleto de amargura e desapontamento com Deus. “E então ele orou pela parte física do meu corpo, que parecia um vulcão por 14 anos e meio. E em um instante toda a dor foi embora”, conta.

Hoje ela viaja pelo mundo fazendo o mesmo que o ministério Global Awakening — ministrando cura aos doentes. “Deus ainda cura e às vezes leva mais tempo do que você deseja, mas ele cura”.

Veja o testemunho completo (em inglês):

veja também