Mulher é curada de câncer em estágio 4, após sentir que corpo foi tocado por Deus

Misty Burdette teve o câncer espalhado para outros órgãos de seu corpo, mas foi curada durante um culto em sua igreja, nos Estados Unidos.

fonte: Guiame, com informações da AG News

Atualizado: Terça-feira, 23 Abril de 2019 as 11:20

Misty Burdette ao lado de seu pastor, Brad Smith, na Igreja Assembleia de Deus. (Foto: Reprodução/Facebook)
Misty Burdette ao lado de seu pastor, Brad Smith, na Igreja Assembleia de Deus. (Foto: Reprodução/Facebook)

Segundo os médicos, Misty Burdette estava morrendo. O câncer de mama, que estava em remissão por oito anos, havia retornado com ainda mais força. Desta vez a cura não era uma possibilidade para os médicos diante do câncer em estágio 4.

Misty foi diagnosticada com câncer de mama no estágio 1 em 2007, aos 32 anos de idade. Após passar por uma mastectomia dupla e quimioterapia, Misty teve uma recuperação completa. Mas em março de 2015, o câncer voltou em seu nível mais grave, espalhando-se para outros órgãos.

Ela tinha metástases em seus pulmões, quadris, pélvis e coluna. Foram quase quatro anos suportando uma bateria contínua de quimioterapia, drogas inibidoras de câncer e uma série de mudanças para ter mais chances de prolongar sua vida.

“Quando o câncer entra em seus quadris e pelve, a dor em suas pernas é excruciante”, disse Misty à AG News. “Às vezes a dor é tão insuportável que você sente que prefere morrer”. Este foi exatamente o pedido que ela fez a Deus em uma noite de muita dor. Mas, em poucas horas, a dor desapareceu.

Em outubro de 2018, Misty teve que deixar seu emprego em um hospital de Oklahoma (EUA) para se dedicar ao tratamento. No entanto, o câncer se espalhou para seus gânglios linfáticos, a cadeia mamária interna, pulmões e fígado.

“Parecia que toda vez que ela ia ao médico, os resultados eram piores”, lembra o pastor de Misty, Brad Smith, da Primeira Assembleia de Deus de Woodward. “Ela estava realmente lutando com isso, então ficou firme com Deus”.

Além de fornecer aconselhamento, Smith mostrou a Misty versículos específicos sobre cura e a incentivou a passar tempo de qualidade com Deus. “Quando comecei a construir minha fé, tendo mais adoração em minha vida e passando tempo de qualidade com Deus, as coisas começaram a mudar”, conta Misty.

Toque de Deus

Em novembro, apenas algumas semanas depois que Misty soube que o câncer havia se espalhado, Smith pregou sobre gratidão. Foi neste culto que ela sentiu uma presença intensa do Espírito Santo.

“Naquele momento, eu olhei para cima e agradeci a Deus pela minha cura, do lugar mais profundo da minha alma. Naquele dia, o Espírito Santo fez um milagre em minha vida. Naquele dia meu corpo mudou — pude sentir que meu corpo estava diferente”, ela lembra.

Misty teve a certeza de sua cura naquele instante. Sua constatação foi confirmada no dia 4 de fevereiro, quando um novo exame mostrou que o câncer havia sumido completamente.

“Meu médico me mostrou o exame. No meu pulmão direito, você pode ver uma pequena cicatriz em linha reta. Mas nenhuma indicação de câncer”, ela celebra, observando que até mesmo seus ossos estavam se calcificando, sem sinais de degeneração.

Misty deixou o consultório médico em lágrimas de alegria. Seu médico agora concordava com ela. “Ele me disse: ‘Sim, você estava certa. Eu acredito totalmente que o resultado é de um poder superior. Eu acredito que Jesus te curou’”.

“Os médicos ficaram estupefatos”, afirma Smith. “Mas, apesar de muitas pessoas estarem orando por Misty, acredito que isso foi o resultado de uma jornada de fé pessoal — ela ficou firme com Deus”.

O pastor conta que viu a igreja crescer de menos de cem fiéis a uma média de 230 por semana. No dia em que Misty compartilhou seu testemunho na igreja, o altar ficou repleto de pessoas que relataram ter sido curadas de dores e doenças.

“As pessoas perguntam o que eu fiz diferente. A única coisa que mudei foi como eu acreditava e como adorava a Deus”, observa Misty.

veja também