“Não vou renunciar minhas crenças”: Xerife é alvo de ateus por exibir versículo nos EUA

Ateus pediram ao xerife Jody Greene para remover um versículo exposto na parede de seu gabinete.

Fonte: Guiame, com informações do USA TodayAtualizado: terça-feira, 28 de dezembro de 2021 12:11
Xerife Jody Greene e o versículo de Filipenses 4:13. (Foto: Facebook/Columbus County Sheriff's Office)
Xerife Jody Greene e o versículo de Filipenses 4:13. (Foto: Facebook/Columbus County Sheriff's Office)

A Freedom From Religion Foundation, organização formada por ateus, solicitou que um xerife da Carolina do Norte (EUA) remova uma citação da Bíblia da parede de seu escritório, mas ele afirma que “não vai desistir” tão fácil.

O texto de Filipenses 4:13 — Tudo posso naquele que me fortalece — está exposto no Gabinete do Xerife do Condado de Columbus e isso incomodou a organização ateísta.

Para a presidente da fundação, Annie Laurie Gaylor, promover uma única religião seria inconstitucional. “O Gabinete do Xerife do Condado de Columbus deve servir todos os cidadãos igualmente, sejam eles cristãos ou não”, disse em nota.

Na terça-feira passada (21), o xerife Jody Greene comentou sobre a queixa dos ateus no Facebook. “Esse é um dos meus versículos bíblicos favoritos e parecia adequado para todas as adversidades que tive de suportar”, escreveu Greene. 

Ele explica que antes dos policiais executarem um mandado de busca ou saírem para “qualquer serviço que coloque nosso povo em perigo”, eles sempre oram.

“Fui criado na igreja. Trabalho na aplicação da lei há mais de trinta anos. Meu treinamento me ensinou a valorizar a Deus, a família e meu país”, escreveu Greene. “As empresas gastam milhares de dólares em aulas motivacionais, para criar slogans motivacionais. Minha motivação vem do maior palestrante motivacional de todos os tempos, Jesus Cristo.”

O xerife acrescentou que o orçamento da aplicação do versículo foi pago com fundos privados e ele pretende mantê-lo. 

“Não sou de ter muito medo, mas tenho medo de queimar no inferno”, escreveu Green. “Me deixe ser claro, não vou renunciar à minha postura e minhas crenças cristãs.”

O post rendeu milhares de curtidas e comentários, principalmente agradecendo a Greene e ao departamento por defenderem sua fé.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições