“Nosso refúgio se chama Jesus Cristo”, diz pastor em meio à terremoto no México

O México registrou ao menos 233 mortes depois que um terremoto de magnitude 7.1 atingiu o país na tarde desta terça-feira.

fonte: Guiame, com informações de UOL e Mundo Cristiano

Atualizado: Quinta-feira, 21 Setembro de 2017 as 10:30

Resgatistas trabalham na operação de resgate em escombros na Cidade do México. (Foto: Carlos Jasso/Reuters)
Resgatistas trabalham na operação de resgate em escombros na Cidade do México. (Foto: Carlos Jasso/Reuters)

O México registrou ao menos 233 mortes depois que um terremoto de magnitude 7.1 atingiu o país na tarde desta terça-feira (19). Nos 18 municípios onde o tremor foi sentido, edifícios sofreram quedas e pessoas continuam soterradas.

Uma das regiões mais afetadas foi a Cidade do México, capital do país, onde foram registrados 102 mortos, segundo o secretário de Governo, Miguel Ángel Osorio. Além disso, há 69 vítimas no estado de Morelos, 43 em Puebla, 13 no Estado do México, 5 em Guerrero e um em Oaxaca.

Diante da destruição provocada pelo terremoto, os cristãos decidiram agir e oferecer apoio às vítimas. “A Igreja está trabalhando para apoiar todas as vítimas do terremoto”, disse ao site Mundo Cristiano o pastor Gilberto Rocha, líder do Centro Cristão Calacoaya.

“O Centro Cristão Calacoaya, graças a Deus, está longe da área de risco, mas estamos perto de quem precisa. Estamos fazendo isso de várias maneiras: enviando brigadas de apoio para procurar e salvar as vítimas que estão soterradas e transportando comida, água e atenção para as equipes de resgate”, acrescentou o pastor.

Gilberto também está incentivando os pastores que estão próximos às áreas afetadas “para abrir os templos e servir como abrigo, de forma possamos atender às vítimas e elas possam receber o amor de Deus através da igreja”.


Equipes de resgate trabalham em prédio após terremoto atingir a Cidade do México. (Foto: Yuri Cortez/AFP)

“Como igreja, temos que aproveitar isso para levar a mensagem de Cristo, demonstrar amor e, obviamente, para orar. Ao invés de espalhar o medo, temos que ser instrumentos de Deus para transmitir paz e mostrar às pessoas que nosso refúgio se chama Jesus Cristo”, o pastor destaca.

Considerado um dos países com maior atividade sísmica no mundo, o México está localizado entre cinco placas tectônicas.  

Em 7 de setembro, um terremoto de magnitude 8.1 deixou 96 mortos e mais de 200 feridos no sul do país, especialmente nos estados de Oaxaca e Chiapas.  

Em 19 de setembro de 1985, a Cidade do México foi parcialmente destruída por um terremoto de 8.1 graus que deixou mais de 10 mil mortos.

veja também