Pr. Anderson do Carmo, marido de Flordelis, é assassinado no Rio

Segundo informações, Anderson foi executado com pelo menos 15 tiros após casal chegar na residência.

fonte: Guiame, com informações de O Dia e G1

Atualizado: Domingo, 16 Junho de 2019 as 9:59

Pastor Anderson Carmo, marido da deputada Flordelis, foi executado em casa em Niterói. (Foto: Reprodução/O Dia)
Pastor Anderson Carmo, marido da deputada Flordelis, foi executado em casa em Niterói. (Foto: Reprodução/O Dia)

O marido da missionária, cantora e deputada federal Flordelis foi assassinado a tiros dentro de casa, na madrugada deste domingo (16), em Pendotiba, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. Segundo informações, o pastor Anderson Carmo foi executado com pelo menos 15 tiros minutos depois de chegarem na residência.

Pais de 55 filhos, o casal se conheceu em dezembro de 1991, durante um trabalho de evangelismo feito pela cantora. Em abril de 1994, eles se casaram e eram dirigentes da Cidade do Fogo, em São Gonçalo. Flordelis e Anderson são fundadores da igreja Ministério Flordelis, no Galo Branco, também em São Gonçalo.

Segundo relatos das testemunhas para os policiais, Anderson e Flordelis estavam voltando de uma confraternização, quando na Altura do Mc Donald´s de São Francisco, a deputada teve a sensação de estar sendo seguida por duas motos. Quando já estavam dentro da residência, Anderson teria voltado na garagem dizendo ter esquecido algo no carro.

Familiares relatam que, logo em seguida, foram ouvido os tiros. E que, logo depois dos diparos, familiares desceram e encontraram Anderson baleado junto ao carro.

Segundo fontes da Polícia Civil, a parlamentar estava ao lado do marido no momento da execução. A parlamentar — ligada ao senador Arolde de Oliveira, do Partido Social Democrático (PSD) — foi a sexta deputada federal mais votada no estado do Rio de Janeiro e Anderson era o seu articulador político. Segundo pessoas ligadas à Flordelis, Anderson planejava lançá-la como candidata a prefeita de São Gonçalo, em 2020.

Em março de 2018, a parlamentar e o marido foram alvos de bandidos. À época, Anderson disse que "teve um livramento" na tentativa frustrada de assalto. Ainda segundo o pastor, "mesmo com tanta violência, eles não deixariam de acreditar na restauração das pessoas".

Abalada

O assessor de Flordelis disse que a deputada está muito abalada com tudo o que aconteceu. Neste domingo, Anderson do Carmo participaria do evento “Homens de Sucesso”, no Ministério Flordelis – Cidade do Fogo, em São Gonçalo.

Em nota, a assessoria informou que a morte de Anderson é uma grande perda para todos amigos e familiares.

Flordelis, cantora e deputada federal. (Foto: Reprodução/MK)

“A família Flordelis, com dor, comunica o falecimento reentino do pastor Anderson do Carmo, um servo de Jesus Cristo. A Deputada Flordelis, muito alabada, ainda não tem como se pronunciar. Neste momento, apertamos as mãos de Deus e imploramos o conforto Dele. O pastor Anderson estava cumprindo um ministério maravilhoso de redenção de almas, em uma luta diária para evitar que o ódio continue a ceifar vidas por falta de Deus no coração dos seres humanos. Hoje é um domingo muito triste, muito triste me nossas vidas”.

Ministra Damares lamenta morte de pastor

A ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, lamentou o caso nas redes sociais.

Ela escreveu no Twitter: “Estou profundamente abalada com a notícia do assassino do meu querido amigo e pastor Anderson Carmo, esposo da minha também amiga deputada Flordelis. Uma pessoa ímpar, exemplo para tanta gente. Pai de 56 filhos, a maioria adotivos”.

A parlamentar — ligada ao senador Arolde de Oliveira, do Partido Social Democrático (PSD) — foi a sexta deputada federal mais votada no estado do Rio de Janeiro e Anderson era o seu articulador político. Segundo pessoas ligadas à Flordelis, Anderson planejava lançá-la como candidata a prefeita de São Gonçalo, em 2020.

Em março de 2018, a parlamentar e o marido foram alvos de bandidos. À época, Anderson disse que "teve um livramento" na tentativa frustrada de assalto. Ainda segundo o pastor, "mesmo com tanta violência, eles não deixariam de acreditar na restauração das pessoas".

veja também