Prestes a morrer de overdose, homem ‘ressuscita’ através das orações dos pais

Brandon entrou em overdose após consumir grandes quantidades de analgésico, mas foi salvo pela oração de seus pais.

fonte: Guiame, com informações de Charisma News

Atualizado: Segunda-feira, 4 Setembro de 2017 as 2:24

Imagem ilustrativa. Homem teve overdose após tomar pílulas de oxicodona. (Foto: Video Blocks)
Imagem ilustrativa. Homem teve overdose após tomar pílulas de oxicodona. (Foto: Video Blocks)

Depois de tomar passar dias tomando 30 pílulas de oxicodona, um potente remédio com efeito analgésico, Brandon Henderson percebeu que suas pernas estavam dormentes e seu corpo estava azulado. Naquele instante, ele vivia uma overdose que estava prestes a destruir sua vida.

“Estou convencido de que eu me matei e Jesus me ressuscitou, através das orações e profecias liberadas pelos meus pais”, disse Brandon ao site Charisma News.

Filho de pastores, Brandon foi criado na igreja e cresceu aprendendo as verdades do Evangelho. No entanto, ele passou a consumir maconha na adolescência e complementou seu vício em 2008 com alguns analgésicos, prescritos pelo médico para aliviar uma dor nas costas.

Depois de deixar a casa de seus pais, Brandon se mudou para Miami, nos Estados Unidos, e construiu um estoque de remédios em sua casa. Quando o convênio de medicamentos se esgotava, ele consumia heroína, porque era mais barato e fácil de encontrar nas ruas.

Certo dia, sob efeito de drogas, Brandou clamou a Deus, mas sentiu que o Senhor estava distante. Depois de injetar mais uma dose de heroína, o jovem ligou para seu pai.

“Meu pai disse: ‘Você vai viver e não vai morrer. Você ficar de pé e declarar as obras do Senhor’”, lembra Brandon. “Ele me ligava e me chamava de ‘homem de Deus’. Eu pensava: ‘Você só pode estar brincando comigo. Você sabe o que eu já fiz?’ Mas meu coração ansiava por ser o que meu pai dizia”.

Brandon acredita que estas palavras proféticas salvaram sua vida no dia em que ele entrou em overdose e viu a morte de perto. “Depois de reconhecer meu vício, eu passei por uma fase de cura interior e percebi que Deus estava lá, me dando forças para continuar. Mesmo no meu pior momento, mesmo quando eu questionava Deus, Ele me ouviu”, conta.

Vício sutil

O jovem acredita que existem muitos viciados em remédios sentados nos bancos das igrejas, sem nem mesmo saberem. “Porque o vício em opiáceos é tão forte, eles foram formulados para nos tornar dependente deles. As pessoas se viciam sem querer”, disse Brandon.

Segundo a pastora Lesa Henderson, a epidemia de viciados em remédios revelam um movimento espiritual. “É bruxaria. Sabemos que a palavra ‘farmácia’ vem da palavra grega  ‘pharmakeia’, que significa ‘bruxaria’. Sabemos que a bruxaria é um estado que altera a mente, assim como a droga”, avalia.

Há cinco anos, Brandon está livre do vício e dirige o ministério de cura interior e adoração na igreja de seus pais. “Há esperança para aqueles que não têm esperança. Eu achava que nunca seria ninguém, mas buscando a Deus e tomando a decisão certa, vivi a restauração e experimentei Sua fidelidade”.

veja também