Rede de lojas aumenta salário de funcionários para “compartilhar as bênçãos do Senhor”

Fundada pelo filho de um pregador, a Hobby Lobby tem base cristã e incorpora valores conservadores.

Fonte: Guiame, com informações do Pure Flix InsiderAtualizado: quarta-feira, 12 de janeiro de 2022 12:43
A Hobby Lobby tem 932 lojas espalhadas pelos EUA. (Foto: Facebook/Hobby Lobby)
A Hobby Lobby tem 932 lojas espalhadas pelos EUA. (Foto: Facebook/Hobby Lobby)

Enquanto a inflação está em seu nível mais alto em quase 40 anos, segundo a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos EUA, uma rede de lojas americana buscou fazer algo a respeito.

Desde o dia 1º de janeiro de 2022, a Hobby Lobby aumentou o salário mínimo por hora de seus funcionários para US$ 18,50, que antes era de US$ 17. O aumento de salário faz parte da política da empresa: este é o 12ª ajuste de salário nos últimos 13 anos.

A Hobby Lobby é uma empresa de varejo com mais de 932 lojas espalhadas pelos EUA. Fundada por David Green, filho de um pregador, a empresa possui base cristã e incorpora valores conservadores.

“Temos um longo histórico de cuidar de nossos funcionários”, disse David Green. “Em 1998, tomamos a decisão de fechar nossas lojas aos domingos, e às 20h durante a semana, para proporcionar aos funcionários tempo de descanso, família e culto. Também trabalhamos duro ao longo dos anos para oferecer os melhores salários e benefícios no varejo.”

Em 2009, a Hobby Lobby foi uma das primeiras varejistas a estabelecer um salário mínimo por hora nos EUA bem acima do salário mínimo federal. Em 2014, a empresa fez um aumento do salário por hora para US$ 15, bem antes de se tornar uma tendência com outros varejistas.

Em seu site, a Hobby Lobby destaca que se comprometeu a “proporcionar um retorno sobre o investimento da família, compartilhando as bênçãos do Senhor com nossos funcionários e investindo em nossa comunidade”. 

“Estamos gratos por nosso sucesso como empresa e entusiasmados por começar o novo ano compartilhando esse sucesso com milhares dos nossos funcionários”, afirmou Green.

Empresa que espalha o Evangelho

A Hobby Lobby ganhou manchetes pela última vez em julho de 2020, quando fez uma campanha para celebrar o feriado do Dia da Independência dos EUA, convidando as pessoas a “conhecer Jesus como Senhor e Salvador”. A campanha atraiu a ira de um grupo ateu.

"Se você gostaria de conhecer Jesus como Senhor e Salvador, visite o ministério Need Him em www.chataboutjesus.com”, dizia o texto na parte inferior do anúncio, que oferecia também uma Bíblia digital gratuita aos interessados.

Em seu site, a Hobby Lobby inclui uma seção sobre a história do fundador de investir em anúncios de jornais americanos durante os feriados, dizendo que Green “se sentiu comissionado por Deus para fazer algo”.

“David Green respondeu a essa comissão em 1996 criando um simples anúncio de jornal que dizia: ‘Ao celebrar esta época de Natal no calor da família e do lar, que você seja atraído pelo Salvador. Ele, que deixou a beleza do céu em nosso favor e se tornou como nós, para que pudéssemos nos tornar como Ele’”, diz o site.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições