Transexual é impedida de se jogar da ponte com ajuda de Lecrae

Os rappers cristãos Lecrae e Andy Mineo viram uma transexual prestes a cometer suicídio em uma ponte de Nova York.

fonte: Guiame, com informações de CBN News

Atualizado: Quinta-feira, 7 Setembro de 2017 as 12:24

Lecrae e Andy Mineo impediram uma transexual de cometer suicídio em uma ponte de Nova York. (Foto: Reprodução)
Lecrae e Andy Mineo impediram uma transexual de cometer suicídio em uma ponte de Nova York. (Foto: Reprodução)

Os rappers cristãos Lecrae e Andy Mineo estavam atravessando a ponte que liga Manhattan ao Bronx, em Nova York, quando viram uma mulher transexual prestes a cometer suicídio.

“Ela começou a subir no guard rail para saltar”, relatou Mineo em um vídeo publicado na última terça-feira (5) no Facebook. Percebendo o risco que a mulher corria, ele e Lecrae imediatamente entraram em ação.

“Lecrae a alcançou com seus braços dois metros, agarrou ela e tentou puxá-la de volta”, lembra Mineo. A mulher tentou usar sua força para resistir à ajuda dos cantores e disse algo inesperado.

“Eu só quero ir para casa. Eu só quero estar com Jesus. Eu não quero viver mais”, afirmou. Lecrae e Mineo perceberam que estavam lidando com alguém que sofria uma crise de fé e identidade.

Os cantores finalmente puxaram a mulher para um espaço seguro e chamaram a polícia. Ao mesmo tempo, eles permaneceram a incentivando sobre o amor de Deus.

Depois da situação, Lecrae twittou sobre o incidente: “Acabamos de ajudar uma pessoa que ia pular de uma ponte! Estou chocado”, disse ele no dia 30 de agosto.

Esta não é a primeira vez que Lecrae lida com o suicídio, pois numa fase de crise na fé ele também pensou em se matar. No entanto, ele se fortaleceu quando começou a se preocupar com o papel da igreja para minimizar a injustiça racial.

"Gandhi, Frederick Douglas e muita gente provavelmente já disse: ‘Meu problema não é com Cristo, é com seu povo’. Essa foi a minha luta. Me sentia desrespeitado, sentia tanto abuso da religião organizada, porque eu estava andando em uma direção que muitos deles não conseguiam entender”, disse o rapper à rádio americana The Wade-O.

“Eu estava num estágio muito difícil, a minha fé estava confusa. No final das contas eu percebi que muitos são frágeis, são pessoas caídas, e não é o próprio Deus que está conduzindo essa loucura”, acrescentou.

veja também