Mulher deixa o hinduísmo e inicia 7 grupos de estudo bíblico, na Índia

Nau sofreu com a depressão, após sentir-se rejeitada pela própria família, durante sua infância e juventude.

Fonte: Guiame, com informações do God ReportsAtualizado: segunda-feira, 27 de agosto de 2018 13:39
Indianos participam de culto. (Foto: chretiens.info)
Indianos participam de culto. (Foto: chretiens.info)

Uma ex-hindu tem se empenhado em espalhar seu surpreendente testemunho de conversão ao cristianismo para motivar outros cristãos a frutificarem sua salvação com a pregação do Evangelho.

A indiana chamada Nau contou em um breve depoimento ao ministério Big Life que sua consagração a Jesus poderia ser improvável a olhos humanos, mas o contexto do lar no qual ela cresceu a levou a buscar ansiosamente por um propósito em sua vida.

"Eu venho de uma profunda cultura hindu. À medida que fui crescendo, meus pais e irmãos não se importavam comigo e não me mostravam amor. Isso me causou uma profunda depressão e eu não tinha paz. Então, decidi sair de casa", explicou.

A mulher relatou que acabou se mudando para outra região, o que foi parte de sua caminhada para conhecer a mensagem do Evangelho.

Após conhecer seu futuro marido e se casar com ele, Nau acabou ouvindo a Palavra de Deus por meio de um novo amigo da família: um missionário.

"Eu viajei para uma área diferente e aprendi a costurar roupas. Foi então que conheci meu marido. Depois de nos casarmos, acabamos conhecendo um irmão que trabalhava com a Biglife e compartilhou o evangelho conosco", acrescentou.

Nau explicou que apesar de suas antigas crenças terem sido bem arraigadas no hinduísmo, ela e seu marido foram tocados pelas palavras daquele amigo, que lhes falava sempre sobre o amor de Jesus.

"Nós nos sentimos muito abençoados ao ouvir sobre Jesus e decidimos nos afastar do hinduísmo e seguir a Cristo", contou.

Frutificando

Hoje, Nau e seu marido afirmam que evangelizar é uma de suas maiores alegrias e tornou-se um ministério ao qual eles dedicam. Dezenas de pessoas já foram evangelizadas por eles e cerca de sete grupos de estudo bíblico já estão funcionando, devido ao trabalho evangelístico do casal.

"Agora, nos dá grande prazer compartilhar Jesus com os outros e ensiná-los a fazer o mesmo. Até este ponto, vimos 50 pessoas se tornarem seguidores de Cristo e 7 novos grupos se formarem", afirmou. "Louvado seja o Senhor! Mas nós queremos ver muitos, muitos mais".

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições