Saindo do contos de fadas e enfrentando o mundo real no casamento

Saindo do contos de fadas e enfrentando o mundo real no casamento

Atualizado: Quarta-feira, 21 Outubro de 2009 as 12

De um lado da cidade está um moço chamado Luiz, vindo de um lar desestabilizado pela separação de seus pais. Até que um dia, sua mãe teve um encontro com Jesus Cristo. E Deus, em sua soberania, também alcançou aquele moço, que foi vendo sua vida se modificar a cada dia.

Do outro lado da cidade vivia Bety. Seus sonhos eram como de qualquer moça de sua idade: conhecer um bom rapaz cristão, se casar, ter uma casa, uma família. Sonhava com um conto de fadas. Sua família era estabilizada e unida e todos os domingos iam à Igreja. Vivia em uma redoma, desconhecendo um mundo diferente daquele.

O tempo passou e, num belo dia, Bety e Luiz se encontraram (1991). Foi um momento lindo! Ele via nela a esperança de construir um lar estável e ela via nele seus sonhos realizados. Então, o namoro começou.

Luiz era espontâneo, tinha muitas amizades e agitava qualquer ambiente. Diferente dela, que tinha poucos amigos e era tímida. Por ter enfrentado momentos difíceis em sua vida, ele amadureceu mais rápido e era firme em suas convicções.

A garotinha, então, se assustou e confusa terminou o namoro:

-  Não era isso que eu esperava! Minhas expectativas eram bem diferentes!

Porém, depois que terminamos o namoro parecia que nada mais tinha graça, em tudo sua presença me fazia falta. Orando e pedindo a orientação de Deus, nos reconciliamos.

Em alguns aspectos eu já estava mais madura. Resolvemos, então, nos casar. Começamos a procurar apartamento e - maravilha! - achamos um que poderíamos pagar. Juntamos tudo que tínhamos, vendemos um carro e nossos pais nos ajudaram.

Finalmente, assinamos o documento de compra e tudo corria como planejado. Ganhamos alguns móveis e aos poucos íamos montando nossa casa. Luiz parecia ter se encontrado profissionalmente. Continuava sonhando em fazer faculdade, mas como estava indo bem em sua função, o sonho ia sendo adiado.

De repente, tudo mudou. Roubaram nosso carro e não tínhamos seguro!! Que desespero! Convergimos, então, nossa atenção para o apartamento - Tudo bem, podemos andar de ônibus. O importante é que vamos ter onde morar! Mas quando fomos buscar a chave do apartamento... Surpresa! Tínhamos, em nossa ingenuidade, assinado um contrato chamado leonino, que não permitia que pegássemos a chave antes de, praticamente, pagar metade do apartamento. Fomos, então, parar no fundo do poço financeira e emocionalmente. Eu não entendia porque Deus havia permitido tudo aquilo! Tínhamos trabalhado tanto e procurado fazer tudo honestamente! Fiquei de tal forma revoltada, que não conseguia nem ouvir falar em Deus. Luiz, sempre mais confiante, tentava me animar, mas só me irritava mais.

Tivemos que começar do zero novamente. Depois de uma incessante procura achamos outro apartamento. A essa altura eu, meio que ressabiada, já tinha "ficado de bem" com Deus e pedido perdão pelo meu "bico". Os planos foram adiados e tivemos que nos adequar à nova realidade.

Nosso tão desejado sonho se realizou em 19/12/1998! Deus nos deu um casamento perfeito. Terminada a lua-de-mel, voltamos para casa. Nossas expectativas tinham sido em muito superadas.

Porém, a primeira notícia que recebemos ao chegar foi que Luiz havia perdido o emprego. Em seguida fiquei hospitalizada por uma semana com uma infecção que não cedia a nenhum medicamento. Frustrada, não conseguia ver o Luiz desempregado. Todas as manhãs eu saía para trabalhar e ele, perdido, tentava procurar qualquer emprego. Eu queria uma estabilidade financeira e emocional. As discussões foram aumentando e passei a me refugiar com minha família, que me dava a proteção que eu não sentia com o meu marido. Ele, frustrado, sentia que estava me perdendo... e estava mesmo!

Orávamos e pedíamos conselhos a nossos pastores, porém não víamos nenhuma saída. Ele não era para mim o marido que eu tinha sonhado e nem eu a esposa estável que ele precisava.

Até que, dos destroços Deus fez algo novo. Começamos a nos encontrar e a conversar. Foi difícil demais falar abertamente sobre as coisas que nos incomodavam. Sabíamos que Deus nos queria juntos, só não sabíamos como fazer isso. Muita conversa, muito choro, muita transparência, foram trazendo novamente à tona o amor de um para com o outro.

Já fizemos 5 anos de casados. Luiz está cursando o  3º ano de Direito e vai muito bem. Tem sonhos de fazer de sua profissão um ministério para ajudar pessoas ingênuas, como éramos, a não caírem em contratos como aquele leonino que assinamos. E, por falar nisso, depois de 8 anos na Justiça, ganhamos a causa. Deus nos deu a vitória!

Deus nos deu a graça de reestruturarmos nosso casamento. Sei que ainda teremos lutas pela frente mas já tivemos provas suficientes de que o Senhor batalha ao nosso lado. Temos amadurecido e aprendido juntos a colocar nossas expectativas em Deus, porque ele é o único que nunca nos decepcionará!

Ana Bety Russo Gonczi é formada em Biologia, mas atua como analista financeira. Casada com Luiz, ambos são membros da Igreja Batista do Morumbi há 8 anos.

veja também